Animais

Atleta corria pela floresta. Quando reparou, tinha dezenas de ovelhas atrás de si

Florence Beynel foi a escolhida pelo rebanho perdido para o levar de volta a casa: "Eu sou a mãe deles, agora"
Veja o vídeo.

Dezenas de badalos fizeram-se ouvir dentro de uma pequena floresta em França. Com eles, surgiram outros tantos tufos de lã branca. Vinham por todos os lados e não seguiam um pastor, mas sim uma corredora. Sempre a acompanhar o seu ritmo, as ovelhas desapareceram por entre as árvores, seguindo a sua nova “mãe”.

Das diversas pessoas que passam regularmente nos trilhos de Ceyssat, uma região no distrito de Puy de Dôme, o rebanho escolheu a mulher de fato treino rosa choque para ser a sua líder. Florence Beynel está habituada a correr em qualquer tipo de circunstâncias, sendo uma corredora profissional que costuma participar em diversas maratonas. Mas guiar dezenas de ovelhas não era uma delas.

O momento foi captado por Eleanor Scholz, uma artista norte-americana que fez uma visita ao país francês no início do mês. Viajava com o namorado, mas, naquela manhã, decidiu ir explorar sozinha. E não foi a beleza das plantas que compunham a floresta que a intrigou, mas sim o que veio depois.

“Demorou um pouco para perceber o que estava a ver. Primeiro, pensei que ela [Florence Beynel] fosse uma pastora, mas não estava vestida como os que costumo ver e parecia-me peculiar que estivesse a correr”, descreve Eleanor Scholz ao website The Dodo.

Além das obras que produz em madeira, queimando o material com diferentes paisagens e padrões, Eleanor adora caminhar e correr pelos parques de São Francisco, na Califórnia (EUA). Chegada à Europa, seria de esperar que quisesse continuar com a rotina.

“Estava preocupada que ela pudesse estar a ser perseguida e que estivesse em risco de ser ‘esmagada’ por elas”. No entanto, quando foi ao encontro de Florence e esta parou para conversar, todas as ovelhas seguiram o exemplo da corredora: “Eu sou a mãe deles, agora”, disse.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Eleanor Scholz (@elea_gram)

Por não falar francês, Eleanor apenas conseguiu trocar poucas palavras com a “mãe das ovelhas”. Aparentemente, as ovelhas tinham-se perdido do seu cão pastor e, quando viram Florence a correr, decidiram segui-la: “Ela parecia empenhada no seu novo papel de pastora e fiquei com a impressão de que ela ia encontrar um lugar seguro para elas”.

Não foi apenas com a atleta profissional que ganharam afeto, houve ovelhas a ponderar trocar de mãe quando encontraram Eleanor: “Algumas vieram ter comigo e fiquei com medo que me começassem a seguir a mim, mas elas ficaram pacientemente à espera enquanto conversávamos”. 

Quando Florence continuou com a sua corrida matinal, “elas correram imediatamente atrás dela”, confirmou Eleanor. A mulher de rosa choque desapareceu juntamente com as suas novas “filhas” e a artista nunca mais soube qual foi o desfecho da história. Contudo, os vídeos que captou e partilhou nas redes sociais tornaram isso possível.

O momento tornou-se viral e a história foi contada em diversos meios de comunicação, inclusivamente os regionais. Ao ver isto, Florence Beynel entrou em contacto com o jornal francês La Montagne para confirmar a história: “Eu não sou definitivamente uma pastora. Sou apenas uma corredora que levou as ovelhas de volta para um prado longe da estrada, para as proteger dos carros”.

Apesar de parecer confiante no vídeo de Eleanor, a atleta admite que “estava um pouco assustada”. 

A próxima vez que for correr para um parque natural, tenha os ouvidos bem abertos e vá olhando para trás de vez em quando. Sabe lá se não tem um rebanho a segui-lo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->