Animais

Bobby foi encontrado na rua há 5 anos. Ainda hoje espera por um novo lar.

O cão vive num abrigo em Aveiro e não teve sorte. Tem 25 quilos e muito amor para dar. Está disponível para adoção no Pinder.
Está sempre a sorrir.

Bobby é um dos milhares de animais resgatados todos os anos no País. Encontrado na rua quando ainda era jovem, foi acolhido pela Patinhas e Patudos, uma associação de resgate animal na cidade de Oliveira de Azeméis, no distrito de Aveiro. “Não sabemos a sua idade certa, mas são cerca de cinco anos”, começa por contar à PiT Cátia Melo, responsável pela organização sem fins lucrativos.

Desde que deixou de viver nas ruas, espera ansiosamente por um lar. Mas o cão de cerca de 25 quilos ainda não teve sorte. Porém, apesar das circunstâncias, não deixa de mostrar todo o amor que tem para dar.

“Ele não fala, mas nem precisa para nos dizer o quanto gosta de nós”, diz. “Todos os dias abana-se de alegria e a tristeza que fica quando vamos embora parte-nos o coração. Adora correr e segue-nos ao sol e à chuva, exatamente com a mesma felicidade”. 

Bobby está vacinado, desparasitado e tem microchip. Recentemente, também integrou o Pinder, a nova plataforma da PiT de adoção responsável e de match entre tutores. O cão tem uma página só sua, onde pode entrar em contacto com Cátia caso haja interesse em adotá-lo.

Bobby adora atenção.

Bobby não tem raça definida mas é de porte médio/grande. E maior do que o seu tamanho, é o seu coração. Segundo Cátia, o patudo está sempre pronto para receber e dar carinho e atenção. “O Bobby tem a expressão de um amor incondicional. É um olhar de mel tão puro que quase lhe escorrega dos olhos”, partilha.

Apesar de ser “muito dócil” com pessoas e miúdos, o cão não se dá bem com outros machos. Já com fêmeas, “normalmente é tranquilo”. “Está fechado no abrigo há cinco longos anos. Vê sair outros cães, e ele fica sempre para trás”, lamenta Cátia.Por outro lado, não deixou a alegria de lado. Está sempre a sorrir e diariamente recebe os voluntários com beijinhos e muita festa.

Agora, Bobby só precisa de um lar para permitir mostrar todo o amor que tem guardado. “Ele é um ótimo cão para andar pela casa. Não é um cão para estar preso ou fechado, o Bobby precisa de espaço”, frisa.

Carregue na galeria para conhecer Bobby. E assim como ele, Star também está à espera de um lar.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->