Animais

Cão roubou mais de 100 bolas de ténis. Dona teve de ir devolvê-las

O Jack Russell estava habituado a passear perto de um campo de ténis. Encontrava bolas perdidas e levava-as para casa.
É muito inteligente.

“Achado não é roubado”. O ditado popular pode não ser o ideal para seguir à letra, mas no caso de Buddy, há quem o esteja a apoiar. Quando o cão Jack Russell era bebé, sempre que a tutora atirava bolas de ténis, ele não se importava. Até que, na idade adulta, descobriu uma paixão — encontrá-las e levá-las para casa.

Quando foi esterilizado, Buddy recebeu um presente dos veterinários (uma bola de ténis, claro) e voltou para a casa com o brinquedo na boca. Desde então, sempre que ia passear com a dona, Shauneen Fowler, num parque próximo de vários campos de ténis, farejava os objetos.

“Ele tornou-se obcecado pelas bolas de ténis desde que removeram as suas próprias bolas”, brincou a tutora de 42 anos, ao jornal “Daily Mail“. “Antes da operação, ele não tinha qualquer interesse em bolas de ténis”, confessou, divertida.

A primeira vez que descobriu a paixão do companheiro de nove anos foi quando o  Jack Russell desapareceu no parque de Jackson’s Field, na cidade de Rochester, em Inglaterra. “Ele adora explorar e desde que eu consiga ouvi-lo, não fico preocupada”, explicou.

Mas naquele dia, em novembro de 2020, percebeu que o patudo estava a demorar muito tempo e quando apareceu, tinha uma bola de ténis na boca. Shauneen não achou estranho, até porque sabia da existência dos campos mesmo ali ao lado. Contudo, sempre que tentava devolver as descobertas do cão — atirando-os de novo para o campo —, Buddy pensava que era uma brincadeira e desatava a correr.

Como resultado, a dona começou a permitir que o companheiro as levasse para casa. Mas no espaço de um ano, tudo saiu do controlo. “Houve dias em que ele encontrava três ou quatro e trazia todas para casa”, recordou. As bolas eram sempre guardadas na sapateira de Saunnen. Mas quando o espaço acabou, eram deixadas no espaço da lareira.

Acabou por devolver todas as bolas

Este ano, porém, a tutora decidiu colocar um ponto final nas descobertas do patudo — ou melhor, devolvê-las para ter espaço para mais. Quando a família mudou de casa, a “mamã” decidiu juntar todas as bolas de ténis. E contou mais de cem.

Após tirar uma fotografia do cão ao lado da sua coleção e partilhá-la num grupo do Facebook, a história tornou-se rapidamente viral. “Toda a gente achou engraçado ou adorável. Não esperava tantas reações”, apontou.

A tutora acabou por colocar todas as bolas em sacos preto do lixo e devolvê-las aos campos antes da mudança. Apesar de não saber o que foram feitas delas, uma coisa é certa: Buddy provavelmente encontrou todas as bolas perdidas pelos atletas.

Carregue na galeria e veja quem é o “cão-ladrão”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT