Animais

Como é possível? Grupo encontra 30 cachorros abandonados na estrada

Acredita-se que pertençam a três ninhadas diferentes. Estavam todos cobertos por parasitas, dentro de uma caixa de cartão.
Todos sobreviveram.

Quando pensamos que já vimos de tudo na causa animal,  há sempre uma surpresa ou outra que choca aqueles que diariamente lidam com os resgates de animais. No estado norte-americano do Missouri, um grupo de amantes de animais viveu um momento inesperado após encontrar 30 cachorros deixados numa caixa de cartão numa estrada.

Christy Anderson, fundadora da Wright Way Rescuea associação que recebeu a denúncia, confessa que os abandonos são constantes, e que os voluntários já se depararam com vários cães e gatos deixados para trás. Mas não três dezenas de uma só vez. E o mais chocante, segundo partilhou no Facebook, é a idade dos cachorros — quase todos têm poucos meses de vida.

Todas as crias foram analisadas por médicos veterinários que acreditam que os filhotes pertençam à pelo menos, três ninhadas diferentes. Muitos estavam cobertos de parasitas e tiveram a sorte de receberem os tratamentos necessários a tempo. “Esses pequenos guerreiros estavam a lutar bravamente contra uma infeção significativa de carrapatos, que poderia ser fatal devido aos seus tamanhos”, frisou.

Estavam neste estado.

Acredita-se que a grande maioria seja mix de Beagle, sendo que os mais velhos apresentam leves características de Pastor-alemão. Todos sobreviverem e muitos já estão recuperados. Esta semana, partiram em direção às famílias de acolhimentos temporário (FAT), onde ficarão até encontrarem um lar definitivo.

Até a data, a associação conseguiu angariar mais de 1.400 dólares americanos (cerca de 1.300 euros, á taxa de câmbio atual), para ajudar nos cuidados dos 30 cachorros, que são descritos como “muito brincalhões e ativos”.

“À medida que ficam mais fortes e saudáveis, esses adoráveis ​​​​filhotes estarão prontos para a aventura final – encontrar o seu lar eterno!”, avançou no Facebook. “Estamos ativamente à procura de famílias adotivas e amorosas para proporcionar-lhes um ambiente acolhedor onde possam florescer”, acrescentou.

Carregue na galeria para conhecer alguns dos cachorros.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT