Animais

Emocionante. Cadela obrigada a procriar é resgatada e reúne-se com uma das crias

Graças a uma teste de ADN canino, o tutor de Bella conseguiu localizar um de seus filhotes. A dupla não escondeu a alegria.
Os rabos a abanarem denunciaram a alegria.

Bella, uma American Bully de 10 anos, não teve um início de vida fácil. A cadela vivia com um criador e era obrigada a procriar constantemente. Contudo, com a idade, a patuda teve complicações durante a gravidez e teve de ser submetida a uma cirurgia. O seu então dono alegou que não tinha dinheiro para fazê-la e resolveu doá-la para uma associação.

Ao longo dos anos, a cadela passou por vários abrigos, mas foi um em especial que mudou a sua vida. Em 2020, no Girls of Dog Rescue, na Califórnia, nos Estados Unidos, Bella conheceu o seu novo tutor Matthew Magorien. “Ela tem muitas cicatrizes no rosto, no rabo e nas pernas, é óbvio que passou por várias gravidezes e é tem traumas”, disse ao “Newsweek”. “Mas ela é a cadela mais gentil e doce que já tive”.

Apesar de ter conhecimento sobre o passado trágico de Bella, Matthew quis saber mais sobre a sua descendência. E assim como os humanos, os patudos também tem direito a testes de ADN. Para tal, o tutor recorreu à Embark, uma empresa de biotecnologia canina. Após realizá-lo, recebeu várias combinações com outros patudos, mas uma chamou-lhe a atenção: a cadela June.

“Bella teve muitas correspondências próximas, mas June foi a única familiar imediata”, disse. Na aplicação da empresa, Matthew resolveu entrar em contacto com a dona de June. Quando descobriu que esta morava na mesma cidade que os seus pais, o tutor de Bella resolveu marcar um encontro com a dupla.

June havia sido adotado há cerca de um ano pela tutora e também tinha um passado desconhecido. No Dia de Ação de Graças, celebrado na quarta semana de novembro, Matthew e Bella partiram para o encontro com June e a sua dona. E não poderia ter corrido melhor. Num vídeo partilhado no Reddit,  o reencontro entre mãe e filha contou com dois rabos a abanarem freneticamente de felicidade.

 

Assim como a mãe, June havia sido obrigada a procriar. Quando a sua fertilidade começou a ser afetada, a cadela foi entregue a um abrigo, onde foi adotada pela atual tutora.”Foi realmente divertido vê-las interagir”, contou Matthew. “Sinto que o vídeo não faz justiça, elas deram-se muito bem. Bella é sempre muito tímida com novos cães, e o facto dela ter ficado imediatamente animada faz-me pensar que ela reconheceu June”.

O encontro durou cerca de uma hora e em seguida, mãe e filha partiram com os seus donos. “Bella não tem muitos anos de vida restantes, e pensei que seria divertido para ela conhecer o seu filhote”, partilhou. “Talvez como uma forma de se curar do seu trauma passado”.

Apesar de cada uma ter seguido o seu caminho após o passeio em conjunto, não é o final da história. Matthew e a tutora das American Bullies garantiu que já estão a ser planeados novos encontros.

Carregue na galeria para conhecer a dupla.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->