Animais

Este burro comporta-se como um cão. E até abana a cauda quando o dono chega a casa

Walter foi rejeitado pela mãe e no novo lar, foi criado por três Pastores Alemães. Como resultado, pensa que também é um deles.
Walter quando bebé.

Assim que nasceu, Walter foi rejeitado pela mãe. A fêmea “era muito nova” e mesmo com os esforços dos então donos para tentarem fazer com que a recente mamã aceitasse a cria, nada correu como o esperado e Walter tornou-se num burro órfão. Mas não por muito tempo. Hoje, aos três anos, vive num novo lar e é uma celebridade. O motivo? Foi criado por três Pastores Alemães.

“Temos três cães e todos eles adotaram o Walter desde o primeiro dia”, disse o tutor Brad Blake ao site de animais “The Dodo”. “Eles ajudaram-nos a criá-lo e a ensinar-lhe boas maneiras em casa”, acrescentou. Quando chegou à quinta da família na cidade de Oatman, no estado norte-americano do Arizona, o burro foi logo recebido com muito amor e habitou-se rapidamente à nova vida cheia de mimos.

Com o tempo, porém, Brad e a mulher, Kelly, perceberem que o pequenote estava a comportar-se de uma forma diferente do que os burros selvagens que andavam livremente pelo terreno do casal. E não foi difícil descobrir o motivo — até porque as características do filhote eram idênticas às dos “manos” canídeos.

“Ele abana o rabo e fica animado quando voltamos para casa. Ele salta e esfrega o seu corpo contra o meu para receber festas”, partilhou. Quando ainda era bebé, o burro até se deitava ao lado do dono para fazer a sesta no sofá mas agora, é do lado de fora com os amigos da mesma espécie que passa grande parte do seu tempo.

Embora Walter tenha criado uma forte relação com toda a família, Brad foi o escolhido como o seu favorito. Sempre que o vê, age como se fosse a primeira vez e não esconde a alegria. Além disso, o burro segue o dono para todos os lados e não o deixa sozinho por um único momento.

Quando era filhote, a família estava habituada a levá-lo em passeios pelo deserto durante à noite, juntamente com os Pastores Alemães, e a cria “corria como se fizesse parte da matilha”. Na altura, era menor que os cães mas agora, já chega a ser maior do que os irmãos. Embora ainda goste de estar com eles, tem novos amigos para se divertir.

Na quinta, a família acolhe atualmente outros burros e Walter é o “chefe” de todos. O primogénito ainda hoje vai em passeios (mas só se Brad estiver presente). Desde que lá chegou, também acompanha o casal em visitas em escolas e instituições de caridade pela região. A celebridade de quatro patas traz alegria para os miúdos,  jovens e idosos que precisam de amor extra.

“Nunca imaginamos o quanto ele iria mudar a nossa vida para melhor”, confessou Brad. E os seus admiradores também partilham do mesmo pensamento. Os comentários na página de Facebook do burro são repletos de mensagens positivas. “O Walter e a sua família iluminam os nossos dias em formas que não conseguimos descrever. Obrigada por fazerem a diferença”, comentou uma utilizadora.

Carregue na galeria para conhecer o dia a dia de Walter.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT