Animais

Estes médicos querem ajudar os animais da Coração100Dono. A campanha já começou

Para ajudar, pode levar bens até ao Instituto Português da Face em Lisboa ou fazer donativos monetários para a associação.
David Ângelo e David Sanz.

“A indiferença mata. Ajude-nos a salvá-los”. É este o mote da Coração100dono, fundada por Marisa Teixeira para cuidar dos animais que ninguém quer. Na causa animal, a união faz a força e numa das alturas mais festivas do ano (e também das mais sensíveis para as associações), qualquer apoio faz a diferença. Se estiver a pensar em ajudar e não sabe como, nós ajudamos.

Desde a passada segunda-feira, 4 de dezembro, o Instituto Português da Face (IPFace) está a disponibilizar uma caixa na sua sede em Lisboa para todos os interessados doarem mantimentos para a associação algarvia. Além disso, deixa um apelo para os amantes de animais que não puderem lá ir, fazerem donativos monetários diretamente para a associação através do IBAN (РТ50 0007 0000001029403782 3) e do MBWay (919178093).

O Instituto de cirurgia facial e estética está localizado no quinto andar do número 71 da Rua Tomás Ribeiro e foi fundado em 2016 pelos médicos David Sanz e David Ângelo. Ambos amantes de animais, tiveram a ideia de, pela primeira vez, juntarem-se à causa de uma forma direta e promoverem uma iniciativa solidária para ajudar os animais do País.

Entre os bens mais necessários para os cães e gatos que resgata, Marisa aponta alimentação (desde ração a comida húmida), mantas, peitorais, camas, alimentos, produtos para limpeza (sem lixívia), medicamentos como betadine, soro fisiológico, água oxigenada e Lepicortinolo (para o tratamento da leishmaniose), entre outros. Estes poderão ser deixados no IPFace durante todo o mês de dezembro.

A Coração100dono venceu o Prémio PiT – Associação do Ano a 15 de março, durante a primeira gala de entrega dos Prémios NiT. Com sala cheia no Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, centenas de pessoas reuniram-se para celebrar o lifestyle e foi precisamente nesta altura, através do acompanhamento dado pela PiT sobre os animais salvos por Marisa, que o Instituto teve conhecimento da associação.

“Não está fácil para ninguém”

Natural do Alentejo, Marisa Teixeira vive desde os seus 14 anos no Algarve. A amante de animais já chegou a ter três estabelecimentos comerciais em áreas diferentes – um restaurante, um salão de jogos e um clube de vídeo. Mas quando abriu a associação, viu tudo mudar.

“Depois de adquirir o terreno onde existe o refúgio, as dificuldades começaram a surgir e acabei por vender todos os negócios. Neste momento, os cerca de 300 animais que tenho não me permitem fazer mais nada a não ser tratar deles”, contou à PiT.  “Como eu costumo dizer, a partir de certo momento deixei de fazer planos e de pensar a longo prazo – embora me preocupe pelos animais que tenho – e comecei a viver um dia de cada vez. As ajudas têm diminuído bastante nos últimos tempos. E eu entendo, pois não está fácil para ninguém”.

Com a ajuda do IPFace e daqueles que se juntarem à luta, pretende proporcionar um início de 2024 especial aos patudos que acolhe e às centenas de outros que ainda vão cruzar o seu caminho no novo ano que aí vem. Para ajudar, não é preciso muito e até 1€ faz a diferença.

A seguir, carregue na galeria para conhecer os cães dos fundadores do IPFace e alguns dos animais da Coração100dono.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT