Animais

Flávio Furtado encontrou cadela perdida em Albarraque. Mas o final foi feliz

O comunicador pediu ajuda para encontrar a família da patuda e em poucas horas o caso ficou resolvido com o melhor desfecho.
Já regressou a casa.

Flávio Furtado, que é um amante de animais e que partilha a sua vida com quatro cães, não vira costas a um patudo necessitado. Foi o que aconteceu nesta quinta-feira, 7 de março, quando o comunicador encontrou uma cadelinha desamparada – que lhe pareceu, inicialmente, ser um macho – em Albarraque, uma povoação da freguesia de Rio de Mouro, no concelho de Sintra.

“Encontrei este cachorrinho em Albarraque. Muito meigo, mas está muito assustado. Podem ajudar a partilhar de forma a tentarmos encontrar o dono? Se souberem a quem pertence por favor comentem aqui. Obrigado”, escreveu Flávio Furtado, ao início da tarde, no Facebook e no Instagram.

As reações ao apelo do comunicador – que é atualmente apresentador do “Extra” do “Big Brother – Desafio Final”, da TVI – foram imediatas, com milhares de likes e partilhas, na tentativa de encontrar a família do animal, e na esperança de que estivesse perdido e não abandonado.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por FLÁVIO FURTADO (@flavio_furtado_oficial)


Muitas foram as sugestões sobre a raça do assustado “cão”, havendo quem achasse que se tratava de um Barbado da Terceira ou de um Bichon Maltês. Mas era Caniche. As três fotos partilhadas pelo apresentador mostravam o animal deitado e assustado, pelo que não teria sido possível verificar no imediato se era um macho ou uma fêmea.

Apesar de Flávio Furtado não ter dado, no dia de ontem, mais notícias sobre a situação – pelo facto de ter de conduzir o programa da noite –, pelas 19 horas era dada a boa nova num comentário: “Essa cadelinha já foi entregue ao dono”, escreveu Maria Melo Costa, comunicando assim o final feliz e o facto de, afinal, se tratar de uma fêmea.

O anúncio de que tudo estava resolvido, e com final feliz, deixou os seguidores do comunicador muito felizes.

Família canina de Flávio Furtado tem crescido

Flávio Furtado não esconde o seu amor pelos animais, especialmente por cães. Ao longo dos últimos anos, revelou sero orgulhoso tutor de duas cadelas, a Carlota e a Maria Francisca. Mas entretanto a família cresceu. No último Natal apresentou Kiko, um Spitz Alemão que é um autêntico peluche, e na semana passada deu a conhecer Antónia – que é uma Pug albina ainda bebé.

“Digam olá à Antónia”, desafiou o apresentador numa publicação feita a 4 de março na sua conta do Instagram. E os “olás” surgiram rapidamente. “Ai não aguento”, escreveu a atriz Marta Gil, com dois smiles de corações nos olhos. “Não acredito, de quem é… liiiinnnnda”, disse por seu lado Cinha Jardim, que é comentadora no programa conduzido por Flávio Furtado. Cinha Jardim deixou assim no ar a suspeita de que Antónia poderá não ser mais um elemento da família, já que o comunicador não a revelou como tal, mas tem sido assumido por todos que não resistiu a ter mais uma amiga de quatro patas em casa.

Maria Francisca é a “matriarca” e foi a 21 de julho de 2023 que Flávio assinalou o 10.º aniversário da grande final do reality show “Big Brother VIP”, no qual participou como concorrente e onde conheceu aquela que é hoje a sua patuda mais velha. A “Xica” era ainda bebé (tinha nascido a 16 de abril) quando fez parte deste reality show de 2013 e, no final do programa, Flávio adotou-a – e nunca deixou de dar notícias desta amiga de quatro patas.

A outra residente “mais antiga” é Carlota, que tem atualmente com 9 anos e que é uma Pug, raça de que Flávio gosta muito – tendo até oferecido à apresentadora Isabel Silva o Pug Caju.

Os outros amores da vida de Flávio Furtado

Nascido nos Açores em 1977, Flávio Furtado sempre gostou da área de comunicação. Passou pela rádio, jornais e revistas (começou a sua carreira na imprensa através de um estágio na revista “Nova Gente”) e, nos últimos 14 anos, tem estado muito presente em televisão – onde tem desempenhado funções como apresentador, repórter e comentador.

Em 2021 recebeu um Gourmand World Cookbook Award (considerados os Óscares dos livros de cozinha), o prémio de melhor livro do mundo em língua portuguesa, com a obra “Receitas dos Açores” lançada em fevereiro de 2020. É também autor do livro “Amália – Palmas como Pão para a Boca. Receitas e outras histórias”.

Percorra a galeria para ver algumas fotos de Flávio Furtado com os seus amigos de quatro patas e outros animais.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT