Animais

Há dois sítios em Lisboa onde o seu cão pode beber cerveja — é de frango e sem álcool

Já pode beber um copo ao lado do seu melhor amigo de quatro patas. Também há snacks de "batatas fritas" para acompanhar.
Sabe bem a qualquer altura.

Hoje em dia, já não basta um espaço ser pet friendly. Eles também merecem receber um mimo ou outro além daquela tigela de água habitual deixada pelos responsáveis de alojamentos, restaurantes, etc. Afinal, se é para acompanhar os tutores para todo o lado, que seja em grande estilo. Nos dias mais frios, sabe bem beber um copo com os amigos e agora, não é preciso deixar o patudo em casa — ele também pode beber uma cerveja, com moderação, claro.

O Gulden Draack, em Picoas, e a Delirium Café, no Chiado, deram as boas vindos a um produto especial para os animais: a Snuffle Dog Beer, uma cerveja feita especialmente para cães. “Há espaços onde os animais são bem-vindos e depois há a Gulden Draack e o Delirium Café que vêm para estabelecer um novo paradigma”, avança em comunicado.

A Snuffle não tem álcool e também não é gasosa. É feita com ingredientes adequados até para o consumo humano: frango, malte, extratos de cevada e muita água. E já que beber a seco nunca á uma boa ideia, os espaços também vão oferecer petiscos aos animais, uma espécie de batatas fritas feitas só para eles.

“Os cães com donos mais atentos já não precisam ficar a olhar e a babar de inveja”, frisa. “Só é preciso ter atenção à temperatura: se para os humanos a cerveja se quer bem geladinha, os cães devem bebê-la, tal como a água, à temperatura ambiente. Desta forma, evitam-se as dores de barriga e tornam-se mais evidentes os sedutores aromas da bebida”.

Do Rio de Janeiro a Lisboa

Os dois espaços foram fundados por Verônica Fernandes e Neko Pedrosa, um casal de produtores culturais que em 2016 trocaram o Rio de Janeiro por Lisboa. No ano seguinte, inauguraram o Delirium Café, que se tornou num marco na capital portuguesa, com várias cervejas à pressão, comida e um ambiente descontraído.

Atualmente, conta com 35 torneiras de cervejas de diversos países, além de 180 variedades de bebidas premium, entre pilsens, lagers, ales, ipas, weisses, stouts, fruitbeers, e outros estilos, incluindo várias das “melhores artesanais portuguesas”.

Três anos depois do lançamento do Delirium Café, foi a vez da Gulden Draak – Casa da Cerveja chegar à capital, mesmo em frente ao metro de Picoas. Lá, pode encontrar 50 torneiras de cerveja, “a maior oferta de cervejas à pressão em Portugal”, com várias da marcas e mais uma curadoria de dezenas de outras belgas, alemãs, escocesas, espanholas e portuguesas, feita por Neko Pedrosa.

Os valores das cervejas variam entre 4,5€ e 12€, mediante ao tamanho e de que região são originárias. O Delirium Café está aberto de segunda a quinta-feira, das 13h às 1h, sextas e sábados das 12h às 2h e domingos das 16h às 1h. Já o Gulden Draak, de segunda a quinta-feira e domingo das 12h à 1h, e sextas e sábados das 12h às 2h.

Carregue na galeria para conhecer o que pode encontrar em ambos espaços.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT