Animais

IRA abre espaço a Norte e promete: “Estamos no Porto para virar tudo do avesso”

“Sabemos que teremos toda a força e apoio necessário dos Irados e Iradas do Norte”, disse o grupo.
O IRA tem várias sedes em todo o País.

O grupo IRA – Intervenção e Resgate Animal inaugurou no passado fim de semana, de 5 e 6 de novembro, a sua delegação distrital no Porto.

Aquela que foi a sua chegada oficial à Invicta não poderia ter corrido melhor. Durante dois dias, a sede do IRA, junto a Campanhã, encheu-se de pessoas que quiseram dar as boas-vindas ao grupo – tendo havido mesmo quem tenha viajado de outros pontos do País, como Albergaria-a-Velha, para conhecer de perto o novo núcleo e percorrer os quatro pisos das instalações.

Além da ração, acessórios e merchandising à venda na loja, o IRA disponibilizou duas toneladas de ração às pessoas em situação mais carenciada e aos cuidadores de colónias e matilhas.

Após os dois dias de visitas guiadas e explicações sobre a missão do IRA – o que incluiu a apresentação da logística de resgate (veículos, fardamento, material de captura e resgate) –, a organização deixou uma garantia numa publicação no Facebook: “Fica a promessa de que, doa a quem doer, estamos no Porto para virar tudo do avesso”.

“Depois da enchente que tivemos durante dois dias seguidos, sabemos que teremos toda a força e apoio necessário dos Irados e Iradas do Norte”, remata o post.

No passado dia 29 de outubro, o IRA – criado em 2016 e formalmente constituído em 2018 – esteve a testar as capacidades físicas dos seus  recrutas no Porto, estando os novos elementos a ser preparados para todo o tipo de situações com que possam vir a confrontar-se.

IRA está a formar recrutas

“Conhecemos pessoas determinadas, focadas e, acima de tudo, dispostas a elevarem um bocadinho mais os seus limites físicos se a vida de um animal depender disso. Aquilo que vos apresentamos, nobre povo do Norte, são os vossos futuros potenciais elementos do IRA na vertente de resgate animal e, após conclusão com aproveitamento nas próximas formações, na vertente de intervenção em cenários de catástrofe e emergência”, sublinhou o grupo numa publicação com um vídeo onde era possível ver alguns dos momentos das provas de aptidão física.

No sábado, 5 de novembro, ao fim do primeiro dia de apresentação oficial, o grupo mostrava-se visivelmente satisfeito, tendo referido que não lhes deram descanso, “entre cumprimentos, elogios, boas-vindas, bolos, etc.”. “Está a ser uma receção espetacular e vale bem a pena o cansaço de todos os empenhados no dia de hoje. O Porto vai ganhar uma nova cor, depois de hoje. O Lado Negro da Força chegou”, rematava o post.

Percorra a galeria para ver algumas fotos deste evento.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT