Animais

IRA já está operacional no Porto. Próximo passo é núcleo no Algarve

Depois de Lisboa, São Miguel e Porto, a organização de defesa e resgate animal quer implementar-se no distrito de Faro.
Um quarto núcleo na mira.

O grupo Intervenção e Resgate Animal (IRA), que em inícios de novembro inaugurou a sua delegação distrital no Porto, depois de ter começado a realizar os testes de aptidão aos candidatos ao seu núcleo na Invicta, já está operacional naquela cidade. “Concluíram hoje a terceira e última fase de formação, com êxito, os 13 elementos que constituirão as primeiras equipas de intervenção e resgate animal no distrito do Porto”, anunciou a organização de defesa animal no passado sábado, 4 de março.

A partir daqui, com a equipa formada, há que avançar com tudo o que é necessário. “Agora precisamos dos Irados e Iradas do Norte para nos ajudarem com esta terceira implementação em território nacional”, apela o IRA – que já estava presente em Lisboa e na ilha açoriana de São Miguel.

O IRA procura agora famílias de acolhimento temporário (FAT), famílias de acolhimento remunerado (FAR – que recebem 75€ mensais por cada animal que acolhem), hotéis para animais (para hospedagens de curta/média duração para animais resgatados) e também clínicas e hospitais veterinários para elaboração de protocolos – o que abrange tabelas de preços protocolados para associações.

Os interessados em ajudar deverão enviar e-mail (geral@nullnira.pt) com os seus contactos telefónicos, refere o IRA. Já as denúncias deverão ser remetidas para denuncias@nullnira.pt, respeitando os seguintes requisitos obrigatórios: fotografias ou vídeos; localização exata; contactos telefónicos; e descrição dos acontecimentos/crimes contra o bem-estar animal.

Algarve à vista

Numa outra publicação, feita nesta segunda-feira, 6 de março, o IRA informou que vai dar início “à prospeção de implementação a Sul do país, concretamente distrito de Faro”.

“Estamos presentes, atualmente, em três distritos do país: Lisboa, Ilha de São Miguel (Açores) e Porto. Próximo destino: Barlavento e Sotavento Algarvio”, comunicou o grupo de defesa e resgate animal, que tem vindo gradualmente a acrescentar muitos recursos materiais e humanos ao seu projeto.

Percorra a galeria para ver imagens do IRA em ação e de algumas das suas valências.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT