Animais

IRA salva morcego em Lisboa e batiza-o de Batman. Está a recuperar bem e é dorminhoco

O grupo de resgate foi chamado a salvar um morcego ferido no Bairro Alto, em Lisboa. Agora está a relaxar no quentinho.
Um resgate com êxito.

Para o grupo Intervenção e Resgate Animal (IRA), o socorro a animais em risco é já uma prática diária, nas mais variadas situações. E apesar de, na maioria dos casos, acudir a cães e gatos, também já ajudou cavalos e até cangurus. Mas não só: os morcegos fazem parte do rol de animais que o IRA tem auxiliado e o mais recente caso passou-se na sexta-feira, 1 de março, no Bairro Alto, em Lisboa.

“A pedido dos agentes da 3ª esquadra – PSP Bairro Alto, uma equipa do IRA deslocou-se à área daquela polícia para proceder ao salvamento de um morcego que havia sido reportado, por populares, como estando ferido/caído na via pública”, começa por contar o grupo de resgate numa publicação no Instagram.

O animal, explicou o grupo, “foi recolhido para as instalações veterinárias do IRA onde permaneceu até ser entregue no LxCRAS, entidade responsável pela recuperação de animais silvestres em Lisboa. Como não podia deixar de ser, foi batizado de Batman”.

O LxCRAS, recorde-se, é o Centro de Recuperação de Animais Silvestres de Lisboa dedicado a receber, tratar e devolver à natureza os animais selvagens da nossa fauna terrestre encontrados doentes, debilitados ou feridos.

Morcego Batman é dorminhoco

No sábado, 2 de março, novas notícias – que deixaram os seguidores muito felizes. “Bom dia. Depois de uma noite inteira a relaxar no quentinho, hoje está pronto para… dormir o resto do dia! Bom fim de semana”, escreveu o IRA, com uma fotografia onde se vê o morcego bem instalado.

As reações são de alívio e ternura. “Tão fofinho”, “Gostei do nome”, “Vai com tudo, Batman”, “Que morceguinho lindo” e “Parabéns mais uma vez pelo excelente trabalho em prol de todas as vidas! Já agora, excelente escolha do nome”  são alguns dos muitos comentários às publicações.

O IRA tem núcleos em três zonas do país – Grande Lisboa, Grande Porto e ilha de São Miguel – e desde 2016 que tem resgatado muitos animais em condições miseráveis. Nestes anos de atuação, o grupo já realizou inúmeras intervenções em incêndios e cheias, centenas de resgates, ações sociais de ajuda aos sem-abrigo, apoio na Ucrânia e Turquia, e ajuda com donativos em géneros a famílias carenciadas. Percorra a galeria para ver alguns dos resgates do IRA nos últimos tempos.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT