Animais

Labrador sénior conhece cachorro e “volta a ser jovem” — ficou encantado e é um amor

A cria foi adotada pela irmã da tutora do velhote, que também não resistiu à fofura. A dupla foi filmada a brincar como crianças.

Às vezes, tudo o que precisamos é passar algumas horas com um cachorro. A verdade é que os filhotes derretem o coração de toda a gente e já foi comprovado que ajudam a lidar com o stress e depressão, ao aumentar os níveis de serotonina e dopamina, os dois neurotransmissores que nos fazem sentir melhor. E a verdade é que os humanos não são os únicos que podem aproveitar estes benefícios.

Cooper, um Labrador sénior, conheceu recentemente um cachorro adotado pela irmã da sua tutora, Rebecca. O minúsculo mix de Chihuahua e Teckel chegou a 12 de fevereiro e num domingo, Rebecca decidiu apresentá-lo ao velhote. O vídeo do primeiro encontro foi partilhado no TikTok e tornou-se num sucesso imediato.

“Ele brincou como uma criança novamente”, escreveu Rebecca, referindo-se ao Labrador. Cooper é visto deitado na relva enquanto o pequeno Chihuahua aproveita para correr com toda a energia e morder o cão idoso, que faz o mesmo, mas com muita calma para não o magoar.

@rebeccapepeel He played like a puppy again #dog #puppy #fyp ♬ Hinoki Wood – Gia Margaret

Nos comentários, vários utilizadores pediram a Rebecca que adotasse um outro cão para o Labrador. A tutora, porém, partilhou que no momento “infelizmente” não pode. No entanto, nem tudo são más notícias: “Ele tem dois primos para brincar e levo-o ao parque canino com frequência”, respondeu.

Além disso, os encontros para brincadeiras com o novo membro da família irão acontecer todos os domingos. Nestes, o Labrador poderá a voltar a ser jovem e ajudar a esgotar toda a energia da cria.

Um estudo feito por uma equipa de investigadores do Dog Aging Project analisou as determinantes sociais associadas a uma esperança de vida mais longa – isto junto de mais de 25.000 cães – e chegaram a uma conclusão demasiado óbvia para ser ignorada: a questão central está na matilha. Os investigadores constataram que o tempo que um cão passa com pessoas é um importante fator para uma vida saudável, mas que o facto de também estar com outros patudos é também de grande importância.

A seguir, percorra a galeria para saber mais sobre as características dos Labradores e outras raças de cães.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT