Animais

Lucky: o Pitbull paraplégico abandonado na linha do comboio está a reaprender a viver

O cão de dois anos foi deixado para morrer, mas foi resgatado por uma associação. Está agora à espera de uma cadeira de rodas.
Tem cerca de dois anos.

O fim do mês de novembro marcou uma verdadeira novela na vida de um Pitbull encontrado na linha de um comboio na cidade da Filadélfia, nos Estados Unidos. O cão de cerca de dois anos não conseguia mexer as patas traseiras, e estima-se que tenha passado dois dias a deitar o corpo enquanto o comboio passava antes de ser resgatado pela Philly Rescue Angels, uma associação local.

“Ele não conseguia andar com as patas traseiras. Não sabemos se o comboio o atingiu alguma vez, ou se alguém fez algo que o deixou assim. Mas ironicamente encontrámos uma coleira e trela próximas a linha”, disse a associação nas redes sociais. Após conseguir tirar o cão da linha em segurança, Lucky foi transportado para um hospital veterinário universitário da região onde foi submetido aos primeiros exames.

Dias depois, foi finalmente visto por ortopedistas, que afirmaram que a coluna partida era “o pior caso que já tinham visto”. Foi então submetido a cirurgia para “aliviar as dores”, visto que o dano nos ossos não podia ser reparado. Além disso, tinha dentes partidos e arranhões profundos que precisaram ser tratados.

Está agora à espera de um lar

Após cerca de um mês a receber cuidados, os veterinários concluíram que Lucky foi abandonado próximo a linha do comboio e posteriormente, atingido pelo transporte, o que justifica a gravidade do seu estado físico. Desde que foi salvo, passou por uma “longa cirurgia” e teve duas placas inseridas na coluna para curar a lesão. Nesta segunda-feira, 26 de dezembro, atendeu a sua primeira sessão de terapia.

As despesas veterinárias foram altas (rondaram os 18 mil euros), mas após a história ter se tornado viral em todo o mundo, o que não faltaram foram pessoas para ajudar o cão. Além das cirurgias, medicamentos e tratamentos extras, a associação encomendou uma cadeira de rodas para o patudo, que chega em breve.

Nesta quarta-feira, 29 de dezembro, foram conhecidas novas notícias sobre o seu estado. “Ele está ótimo e a recuperar-se muito bem”, adiantou a Philly Rescue Angels. Lucky está no momento a viver na associação e está finalmente disponível para ir para uma família de acolhimento temporário ou, se tiver sorte, um novo lar.

A sua próxima consulta decorrerá a 3 de janeiro. Segundo a associação, este vai ser o dia que descobrirão quando o cão estará recuperado o suficiente para ser castrado e dar início ao tratamento nos dentes que ainda tem partido.

Carregue na galeria para conhecer Lucky, o cão guerreiro.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT