Animais

Neste aeroporto, há 15 cães, um coelho e um porco a ajudarem os passageiros ansiosos

São todos animais de terapia certificados e trazem alegria por onde passam. Adoram receber festas e alguns até fazem truques.
A Wag Brigade faz sucesso.

É quase impossível viajar e não nos sentirmos ansiosos. O medo de não chegarmos a tempo está sempre presente e o stress com as filas e outros problemas que podem vir a surgir no aeroporto são inevitáveis. Há vários truques para vencer a ansiedade, mas nem sempre estes funcionam. E foi a partir deste princípio que o Aeroporto Internacional de São Francisco (SFO), nos Estados Unidos, resolveu ajudar os milhares de passageiros que lá passam diariamente.

A Wag Brigade nasceu em dezembro de 2013 através de uma parceria com a San Francisco Society for the Prevention of Cruelty to Animals (SPCA), uma associação local de resgate animal. Hoje, conta com 15 cães, um coelho e um porco — todos animais de terapia certificados — que andam pelo aeroporto a oferecer amor e carinho.

Brixton, um Golden Retriever, é um dos mais antigos funcionários de quatro patas. O patudo visita o SFO há nove anos e “nasceu para ser um cão de terapia”. “Ele sabe quem precisa de amor, se os passageiros estão a sentir a falta do seu cão, stressados ou apenas precisam do conforto de um patudo”, disse Linda Gordon, tutora de Brixton, ao canal televisivo CBS.

Quando não está no aeroporto a confortar os passageiros, o Golden Retriever visita outras organizações e escolas para ajudar ainda mais pessoas. “Trabalhamos com organizações para conscientizar a população sobre a saúde mental. É um mundo difícil lá fora e precisamos espalhar muito amor”, frisou a tutora. “Sinto-me afortunada por ter este lindo ser na minha vida e adoro poder partilhá-lo”, sublinhou.

Brixton e todos os outros cães conquistam facilmente todos os que encontram pelo caminho. Porém, por vezes, os canídeos têm o protagonismo roubado pela porca Lilou e pelo coelho Alex. A primeira chegou a família da Wag Brigade em 2016 e tem várias roupas. Já Alex, é da maior raça de coelho doméstico do mundo (tem o tamanho de um cão de porte médio) e é descrito como “muito paciente”.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by SFOWagBrigade (@sfowagbrigade)

Além de Brixton, Lilou e Alex há mais de dez outros cães e Lia, uma Corgi, é um deles. A patuda “ama toda a gente” mas há algo que adora ainda mais: biscoitos. Nas redes sociais, o SFO não deixa de frisar que a pequena adorar tirar selfies com os passageiros e aceita petiscos como uma forma de “pagamento”.

Lia é ainda a inspiração por trás do Everyone Loves a Corgi, um grupo local de encontros de tutores e Corgi. O próximo será já neste domingo, 16 de abril, e irá ser uma caminhada até Fort Funston, uma praia em São Francisco.

Faça chuva ou faça sol, a equipa da Wag Brigade está sempre no aeroporto para receber os passageiros. Os patudos adoram o que fazem e em casa, são sempre recompensados pelos tutores.

Carregue a galeria para conhecer os funcionários de quatro patas do SFO.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT