Animais

Picasso: cão com a cara deformada é adotado pela veterinária que o salvou

Foi resgatado por um abrigo e ficou sob os cuidados da médica, que já não o conseguiu deixá-lo. Agora tem uma família especial.
É adorável.

Há quem diga que as melhores obras de arte são aquelas que são difíceis de perceber no início, mas que basta um olhar para despertar uma emoção. Em “Guernica”, de Pablo Picasso, é preciso uma análise minuciosa para encontrar cada detalhe pensado pelo pintor espanhol. Mas há outras em que não é necessária tanta atenção para descobrir o universo que carregam. E com Zoe e Picasso foi exatamente isso que aconteceu.

O Chihuahua é uma verdadeira obra de arte, daquelas abstratas que lembra o pintor que inspirou o seu nome. Por causa de uma deformidade facial rara, cujo nome científico é difícil de dizer em voz alta — campylorrhinis lateralis e prognatia —, o patudo tem o focinho “caído” para o lado direito que o deixa com uma aparência única.

“Vê-lo bocejar é uma das minhas maiores alegrias”, confessou Zoe Ramagnano, diretora médica veterinária do Paws for Life K9 Rescue, em Los Angeles, Estados Unidos, à revista “People”. “Ele nasceu com uma deformidade rara cujo termo popular é nariz torto”, explicou. Apesar de lhe dar uma aparência especial, não afeta o dia a dia do cão que consegue fazer tudo que um animal sem a condição faz.

“Ele vive uma vida completamente plena e feliz. Consegue comer sozinho e usa o nariz para sentir todos os cheiros lá fora”, partilhou. “Brinca com outros cães, brinquedos e é até capaz de mastigar ossos, embora o faça de lado”.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by The Daily James (@thedailyjames)

Picasso foi salvo por um abrigo norte-americano, o East Valley Animal Shelter, que entrou em contacto com o grupo de resgate Paws for Life K9 Rescue a pedir que o acolhesse para que o Chihuahua conseguisse receber os cuidados de que precisava. Desde o primeiro dia, é ao lado de Zoe que tem estado a receber mimos e a ser observado constantemente.

“Desde o seu resgate, ele recebeu amor e apoio 24 horas por dia, sete dias por semana,” frisou Louanne, da página The Daily James, que o tem acompanhado. “Ele não tem qualquer problemas nem complicações ao comer, respirar ou beber. E até ladra com autoridade. Em outras palavras, o diagnóstico oficial é: o Picasso é perfeito do jeito que é”.

O cão precisou receber alguns medicamentos para tratar um problema nos dentes e foi submetido a uma pequena intervenção cirúrgica. Assim que se recuperou e estava pronto para encontrar um lar, a sua história teve uma reviravolta: Zoe decidiu adotá-lo. Embora já tenha cuidado de milhares de cães ao longo da vida profissional, a veterinária sentiu uma inexplicável conexão com o patudo e sabia que já não o podia deixar ir embora.

“Ele é mágico, apaixonei-me por completo”, afirmou, acrescentando que Picasso é  “meigo, pateta, leal e inteligente”. Diariamente, o Chihuahua precisa ter a cara limpa e também faz limpezas regulares nos dentes. Ainda assim, a nova “mamã” espera que a sua história mostre que “a beleza é mais do que superficial” e encoraje outros amantes de animais a considerem adotar animais com deficiências.

A seguir, carregue na galeria para conhecer a nova vida de Picasso.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT