Animais

Sapo gigante encontrado pode entrar para a história como o maior do mundo

O animal foi eutanasiado por ser considerado fatal para a vida selvagem. Tinha o peso semelhante ao de um cão da raça Chihuahua.
Pesava cerca de três quilos.

Um sapo-boi encontrado na quinta-feira, 19 de janeiro, no Parque Nacional de Conway, no estado australiano de Queensland, está prestes a entrar para a história. Acredita-se que o anfíbio seja o maior já visto da espécie, pesando cerca de seis vezes mais do que um espécime comum, com 2,7 quilos. Considerado fatal para a vida selvagem, foi eutanasiado pouco tempo depois de ser descoberto.

O recorde mundial atual, segundo o Guiness, foi dado em 1991 a um sapo de estimação chamado Prinsen, de 2,65 quilos. Contudo, o novo anfíbio encontrado na Austrália pode roubar-lhe o título. O gigante foi encontrado por Kylee Gray, uma guarda florestal, quando esta parou por um breve momento durante uma patrulha.

“Abaixei-me e agarrei-o. Não pude acreditar o quão grande e pesado era”, disse ao jornal britânico “The Guardian”. Assim que o avistou, colocou o sapo num recipiente e voltou para a base para pesá-lo. O animal recebeu o nome de “Toadzilla” (Sapozilla, em português), fazendo alusão ao famoso monstro dos filmes “Godzilla” .

A espécie invasora é considerada uma das mais notórias do país e é considerada uma ameaça à vida selvagem nativa. “Um sapo desse tamanho comerá qualquer coisa que couber na sua boca, e isso inclui insetos, répteis e pequenos mamíferos”, explicou. Já foram responsáveis pela extinção de alguns de seus predadores e competem por comida e abrigo com outras espécies. Como resultado, o sapo foi eutanasiado logo depois de ser encontrado.

Na natureza, a espécie pode viver até os 15 anos e Kylee calcula que o sapo recentemente encontrado já exista “há muito tempo”. O seu cadáver será doado ao Museu de Queensland, que segundo a guarda florestal mostrou “um grande interesse” em recebê-lo.

Carregue na galeria para conhecer os sapos de vidro, que há cerca de um mês foram alvos de um estudo que revelou o motivo de ficarem transparentes.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->