Animais

Serra da Estrela. Javali bebé é avistado pelo IRA a correr em floresta ardida

A Intervenção e Resgate Animal já está no terreno a auxiliar os bombeiros no incêndio que deflagrou em Covilhã há cinco dias.
O IRA pede a ajuda da população para envio de bens aos bombeiros.

Os incêndios continuam a causar pânico no País. São cada vez mais as casas, aldeias, quintas e abrigos evacuados de norte a sul. Mais recentemente, foi o conselho de Covilhã o atingido pelas chamas. O fogo deflagrou na madrugada de sábado, 6 de agosto, e já foram consumidos mais de 10 mil hectares do Parque Natural da Serra da Estrela.

No momento, estão mais de 1.500 operacionais e cerca de 500 viaturas no terreno, segundo a Proteção Civil. Desde quarta-feira, 10 de agosto, a Intervenção e Resgate Animal (IRA) também está a auxiliar os bombeiros na retirada e resgate de animais da região.

Num post partilhado no Facebook do IRA, é possível ver um javali bebé sozinho no meio da floresta ardida. Quando o voluntário tenta aproximar-se, o animal assustado corre para longe, em direção ao fumo e às árvores ardidas.

“Este javali bebé provavelmente perdeu a sua mãe e, inevitavelmente, sem onde se proteger ou alimentar procurará comida nas áreas residenciais. Será aí que irão considerá-lo uma praga, um invasor, uma ameaça porque destrói colheitas, restando-lhe apenas a morte nas mãos de algum caçador”, escreveu o IRA.

Num outro post, o IRA partilha uma fotografia de um cão resgatado. “Os animais feridos que vamos encontrando pelo caminho, vão sendo recolhidos por nós e prestados os primeiros-socorros até serem identificamos e localizados os detentores”, lê-se na publicação.

A associação apela ao público para que envie mantimentos aos bombeiros no terreno. Bebidas energéticas, garrafas de água, frutas, refeições prontas e sandes são os principais bens requisitados. Para quem estiver por perto, o IRA pede para que entreguem pessoalmente no Quartel dos Bombeiros da Covilhã ou Manteigas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->