Animais

Tudo o que tem mesmo de comprar antes de adotar um gato

Apesar de serem animais mais autossuficientes, não pense que eles se governam sozinhos. Aliás, até precisam de muita atenção.
Prepara a sua casa para o receber.

Muitas vezes deixamo-nos levar pela emoção de ver um gato fofinho a acabamos por adotá-lo impulsivamente. O problema é que esta decisão deve ser muito bem planeada para garantir que o animal de companhia tem tudo o que precisa. E vai ser muita coisa.

A primeira decisão a tomar é se pretende adoptar um gatinho ou um gato sénior. Vai ser difícil resistir aos gatos bebés ternurentos e brincalhões. Ao escolhê-los terá a oportunidade de o educar para ser o animal de companhia que deseja, desde o início. Ao mesmo tempo, exige também mais atenção e vigilância. Por isso, deve ter em conta se tem, de facto, o tempo e energia para lhe dar os cuidados necessários.

Se está a pensar em adoptar um gato adulto, tenha em consideração que eles podem trazer alguns traumas emocionais, especialmente se tiveram a infelicidade de ter tido um mau começo de vida. Deve procurar obter essa informação sobre o animal de forma a saber o que pode fazer para o ajudar a adaptar-se. No entanto, os gatos mais velhos são também divertidos e brincalhões embora, normalmente, já preferiram estar deitados a relaxar, o que vai exigir menos atenção da sua parte.

É ainda fundamental preparar a chegada do animal e comprar de imediato taças para a água e para a comida. Os gatos não têm o hábito de beber água regularmente mas adoram atirar-se às torneiras e aos chuveiros. Uma boa solução para contraria esta tendência é investir numa fonte para gatos.

E claro que não pode faltar o caixote da areia. Os gatos gostam de ter um cantinho adequado para fazer as suas necessidades e recorrem a este acessório por instinto. Existem diferentes modelos, com caixa aberta ou fechada. Deve ter também uma pá para recolher e eliminar regularmente os dejetos.

Compre uma cama e mantas que sirvam de zona de descanso e que seja aconchegante, pois os gatos têm um horário de sono diferente do nosso, e passam a maior parte do dia deitados a dormir. Já nas horas de brincadeira, deve ter disponível brinquedos, ginásios e arranhadores.

Os maiores cuidados de saúde

Apesar de serem animais mais autossuficientes, este animal continua a precisar de atenção. É importante que o médico veterinário e as consultas de rotina estejam presentes nesta nova aventura. Para isso, pode protegê-lo com um seguro Fidelidade Pets. Neste caso, os planos de saúde podem ser subscritos até aos oito anos do seu animal de companhia.

As vantagens incluem vacinas, check-up sem custos adicionais e assistência veterinária por telefone, ou a cobertura de cirurgia e esterilização, no caso dos planos PET 3 e PET Vital. Neste momento, a Fidelidade oferece ainda 15 por cento de desconto em todas as novas contratações nos planos PET 1, PET 2, PET 3 e PET Vital, oferta que será válida até ao dia 31 de janeiro 2023.

O seguro de saúde animal da Fidelidade não tem idade limite de permanência, desde que seja subscrito até aos oito anos de idade nos planos de saúde. O pagamento de despesas referentes a atos de diagnóstico ou terapêutica é garantido e tem cobertura opcional de vacinas no PET 2 e PET 3, sendo que no PET Vital já está incluído (plafond de 100€ por anuidade). Pode manter o veterinário que costuma acompanhar o seu animal de companhia. A Fidelidade reembolsa as despesas garantidas no seguro.

Este artigo foi escrito em parceria com a Fidelidade.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->