Animais

Zoo pinta cães de preto e branco após ser impedido de exibir pandas

O parque não tem o espaço nem as qualificações necessárias para receber os ursos gigantes. Encontrou uma solução enfurecedora.
Um dos animais.

Basta vermos um cão peludo para fazermos um comentário que sai de forma automática: “Parece um urso”. Mas o Jardim Zoológico de Taizhou, na China, levou a afirmação longe demais. O espaço pintou o pelo de dois filhotes Chow-chow com as mesmas cores de um panda e exibiu-os este mês como “cães-pandas”.

A confusão começou quando os visitantes aperceberam-se de uma nota em que se lia “encontro com cães-pandas” nos bilhetes que comparam para visitar o zoo. Assim que chegaram ao parque, perceberam o motivo.

“Originalmente, eram dois Chow-chows. A ideia de os pintar de pandas surgiu da Internet, com o objetivo de aumentar o apelo do zoológico e aumentar o número de visitantes”, explicou o zoo num comunicado mencionado pela “Newsflare”. “Deixámos sempre claro que não são pandas de verdade, por isso não há engano”, defendeu.

No mesmo documento, o zoo explicou que a ideia surgiu após ter visto negada a sua proposta de criar uma instalação para abrigar pandas gigantes. Segundo um porta-voz, o espaço é pequeno demais para os animais, além do zoo não ter as qualificações necessárias para os receber.

Nas redes sociais, o jardim zoológico está a ser acusado de maus tratos. “Não é nada engraçado pintar cachorros Chow-chow para atrair turistas”, escreveu um utilizador na plataforma chinesa Weibo. “A sua pele frágil e a pelagem naturalmente espessa tornam-os suscetíveis a doenças de pele”.

Ainda assim, quando confrontado com as acusações, o porta-voz do parque garantiu que os cães não foram maltratados.: “As pessoas normais também pintam o cabelo. Os cães também podem, se o seu pelo for comprido”, defendeu.

Por outro lado, não é a primeira vez que a província de Taizhou se envolve em polémicas como esta. Em 2020, uma mulher foi vista a passear com um Chow-chow que também tinha o pelo pintado como o de um panda. Outros jardins zoológicos chineses também já foram acusados de usarem animais falsos (e até mesmo humanos) para se passarem por outras espécies.

De seguida, carregue na galeria para ver os “cães-pandas” exibidos.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT