Família

Apresentadora da SIC Cláudia Borges chora morte de Madiba. “Adeus, meu cão”

“Foram 10 anos de carinho e felicidade”, asseguram a comunicadora e o marido após a perda do Boerboel.
Madiba era muito amado.

Quando um animal de companhia é considerado um membro da família, a sua morte implica sempre um processo de luto difícil. A dor da perda é profunda e custa aceitar que ele já não está presente. Mas a sua ausência é apenas física, já que o amor e as boas memórias perdurarão para sempre. É também esse o legado de Madiba, o Boerboel de Cláudia Borges e Samuel Fortuna.

“O nosso Madiba partiu!…A dor é imensa! Tenho cães desde miúdo e, por mais que me prepare para este dia, nunca é fácil. Sinto que parte de mim vai com eles”, escreveu Samuel Fortuna numa publicação conjunta com Cláudia Borges, no Instagram.

A homenagem ao Boerboel prossegue: “Este cão foi o maior! Era um gigante no porte e no coração! Era enorme… no carinho, na entrega e no amor que tinha por nós. Ficam as memórias do olhar mais doce, das maiores lambidelas e o maior abraço que já recebi”. “Prefiro partilhar convosco alegrias e boa energia, como costumo fazer, mas o Madiba fazia parte da família e sei, pelas mensagens que recebemos, que também gostam muito dele e se preocupam. Agora já sabem, quando quiserem matar saudades, basta passarem por aqui. Nós vamos fazer o mesmo”, sublinha a publicação.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Samuel Fortuna (@sam_fortuna_)

O casal assegura que Madiba estará sempre presente. “Fica o conforto e a certeza que retribuímos tudo o que ele nos deu, que foram 10 anos de carinho, mimos e felicidade e que o amor que sentimos por ele vai continuar! Nunca será esquecido. Vai ficar nos nossos corações como o grande Madiba… o nosso bebé grande. Adeus, meu cão… Adeus, ‘Madibão Bom’”, remata.

Um amor recíproco

Recentemente, a 21 de abril, numa outra publicação conjunta, o casal tinha enaltecido o patudo da família. “Não é dia do cão, ele não faz anos, mas com a idade está a ficar irresistível! Só apetece dar festas e abraçar. O Madiba hoje já não nos pode ver. Passámos a tarde nisto”, escreveu Samuel Fortuna. Na publicação, com as hashtags “lovemydog” e “family”, era possível ver uma sucessão de cinco fotografias onde o doce cão da família surgia com todos os elementos: a apresentadora do “Fama Show”, da SIC, o realizador de televisão e os dois filhos de ambos, Carolina – de cinco anos – e Rodrigo, de 13 anos.

Madiba nasceu em janeiro de 2015, pelo que ia já a caminho dos 10 anos – uma bela idade para um cão de tamanho gigante como ele. Cláudia e Samuel incluíam-no em muitas das suas publicações, demonstrando sempre uma grande cumplicidade com o patudo.

A apresentadora do Fama Show, de 41 anos, e o realizador de televisão, de 44, que celebraram em novembro o seu 17.º aniversário de casamento, tinham Madiba desde pequenote. Cientes do curto tempo que eles passam connosco, não perdiam uma oportunidade para o celebrar – e há muitos bons momentos nestes quase 10 anos para recordarem. Percorra a galeria e conheça melhor Madiba e a sua família, bem como o amor recíproco que viveram desde o primeiro dia.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT