Família

Cadela de 13 anos é abandonada pela família. “Não temos tempo para ela”

Elsie tem 31 quilos de puro amor. Teve o coração partido, mas encontrou logo uma nova tutora para a mimar.

Durante 13 anos, Elsie teve uma casa para chamar sua e transformou-a num lar ao lado da família. A cadela mix de Labrador ofereceu aos então responsáveis todo o amor que conseguia até que, com a idade, começou a ter cada vez menos energia. Ainda assim, continuou a estar sempre ao lado dos tutores — mas quando precisou, não foi correspondida.

A cadela foi deixada pelos próprios donos na “Forgotten, Now Family Rescue”, uma associação norte-americana de animais. Aos voluntários, não disseram nada além de “Não temos mais tempo para ela”. Elsie foi descartada e durante vários dias, não percebeu o motivo de não estar a aproveitar os seus anos dourados no conforto da única casa que sempre conheceu.

“Na sua velhice, quando ela lhes deu o melhor de si, optaram por a deixar no abrigo”, lamentou Chrissy Elder, a fundadora da associação na Carolina do Norte. “A Elsie não pertence a um abrigo. Ela pertence de volta à sua cama. Ela merece ficar deitada e abanar o corpo inteiro quando o seu melhor amigo chegar a casa. Ela merece alguém para aproveitar esta vida com ela durante os seus últimos anos. Ela ainda tem muito amor para oferecer e muita vida pela frente”.

A protetora frisou que não pode “desfazer o coração partido que a sua família lhe causou no dia em que desistiu dela”, mas garantiu fazer o possível para ajudar a patuda. E a verdade é que não demorou muito tempo para ela encontrar uma segunda oportunidade.

Foi adotada poucos dias depois

Amy Shapiro, fundadora de uma empresa de petiscos para os animais, conheceu a história de Elsie através de uma emotiva publicação no Instagram e apaixonou-se de imediato. “Quem me conhece, sabe que há sempre espaço para mais um”, partilhou a amante de animais, que tem atualmente outros quatro cães em casa.

Após poucos dias na família de acolhimento temporário (FAT), a mix Labrador seguiu para o novo lar. “Sou eternamente grata à sua FAT que lhe proporcionou uma estadia confortável”, agradeceu a nova tutora. “A Elsie conhece os comandos básicos, é mandona com o Teddy [o seu outro cão] e é um bolinho de amor. Mal podemos esperar para vê-la a habituar-se”.

Na última semana, a patuda tem aproveitado a segunda oportunidade que recebeu e e já foi fotografada a fazer a sesta no sofá ao lado da nova “mamã” humana e dos seus novos irmãos de quatro patas. Embora ainda esteja na fase de adaptação, uma coisa é certa: Elsie vai viver os seus anos dourados sem ter de se preocupar com um segundo abandono.

De seguida, carregue na galeria para conhecer Elsie e a sua nova vida.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT