Família

Cadela que passou mais de um ano sem ver a luz do sol é adotada em Bragança

Kuka, como agora é conhecida, conquistou um casal que diz que a companheira "parece estar sempre a rir". Vive com muito amor.
Parece outra.

Ainda há finais felizes e a nova reviravolta na vida de Kuka é um deles. A Podengo, cuja história foi partilhada pela PiT há cerca de duas semanas, conquistou o coração de um casal que decidiu levá-la para casa. Agora, a cadela que passou mais de um ano a viver numa loja fechada no concelho de Carrazeda de Ansiães, distrito de Bragança, nunca mais vai viver sem ver a luz do sol.

“Graças à publicação da PiT, a cadelinha foi adotada”, contou-nos, animada, uma voluntária da Aldeia Verde — Associação Ambiente, Património e Cultural, um projeto de resgate e reabilitação animal na aldeia de Parambos. “Chama-se Kuki, é linda, bem comportada e a tutora diz que parece estar sempre a rir. Para nós, é uma alegria imensa estes desfechos”. 

O projeto teve conhecimento da situação da Podengo há um ano, quando foi contactado por uma testemunha para ajudar 17 animais sob os cuidados de uma acumuladora na região. No entanto, há cerca de três meses, a responsável foi viver com a filha e deixou os cães com uma vizinha.

Dos quase 20 animais, a Aldeia Verde conseguiu retirar apenas quatro. “As autoridades foram alertadas há um ano, e continuam pelo menos sete cadelas por esterilizar”, lamentou à PiT.

O antes e depois de Kuka.

Kuka estava a viver fechada numa loja e a 8 de abril, saiu para o primeiro passeio — não conteve a alegria. Durante 30 minutos, conheceu a liberdade. Porém, como a associação não tinha onde a deixar, a patuda teve de voltar para o espaço. Mas não por muito tempo. Depois da partilha da PiT, os novos tutores entraram em contacto com a associação e deram-lhe uma nova vida.

Agora, Kuka tem um jardim onde consegue andar livremente e parece grata pela nova família. Só tem de se preocupar com o horário dos passeios, das refeições e dos mimos.

Para apoiar o projeto com os outros animais, pode enviar ajudas através do MbWay (969886944). Caso tenha interesse em adotar aqueles que correm risco de vida, pode entrar em contacto com a Aldeia Verde através das páginas do Facebook ou Instagram.

A seguir, carregue na galeria para conhecer a nova vida da Podengo.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT