Família

Cão da cantora Irma Ribeiro foi encontrado. Veja o vídeo emocionante

O Podengo Português Suri já está em casa depois de 10 dias desaparecido. Ajuda da vizinhança foi decisiva.
Um final feliz.

Foram 10 dias de desespero. Desde 26 de julho que Suri, o Podengo Português da cantora e compositora Irma Ribeiro, estava desaparecido de Vale de Lobos, Sintra.

Irma Ribeiro lançou apelos nas redes sociais à procura do seu cão, fez vídeos, ofereceu recompensa, teve a amiga, e também cantora, Carolina Deslandes a ajudá-la nas buscas, recebeu muitas pistas, mas o Suri não aparecia. Até hoje.

Suri foi hoje avistado em Vale de Cambra. Havia foto, era mesmo ele. Irma correu para lá e já tem o seu companheiro de quatro patas de volta.

No vídeo publicado, já esta noite, pela cantora no Instagram, a emoção é visível. “Encontrámos o Suri!!!! Existem mesmo mais pessoas boas do que más. Obrigada a todos!, escreveu Irma na legenda do vídeo. “Ai meu amor”, “Meu cão, meu cão”, são as palavras de Irma enquanto o abraça. Impossível ficar indiferente a este amor. É emocionante.

À PiT, Irma tinha dito que Suri conhecia “mais ou menos a zona” de onde tinha desaparecido, pois já lá tinha estado algumas vezes. Com o calor que se tem feito sentir, a cantora estava ainda mais preocupada com o seu Suri, adotado há dois anos.

Sobre se já tinha acontecido ele saltar o muro da casa, Irma disse que sim. Mas algo aconteceu desta vez e o Podengo da artista desnorteou-se. Tudo terminou em bem hoje, dia 4 de agosto.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por IRMA (@irma_______________)

Irma chora de alegria, Suri dá pulos de alegria. A família está de novo reunida.

Carolina Deslandes já publicou, entretanto, um texto muito emotivo sobre este regresso a casa e sobre a onda de solidariedade que se gerou. “Esta é a minha amiga. A minha amiga com quem eu falo sem medo de julgamentos. Que já me viu chorar sentada no chão. Já nos fomos buscar aos escombros e às ruínas e já dançámos abraçadas a agradecer as bênçãos da vida”, escreve na legenda de uma foto de Irma sorridente.

E continua: “Esta é a minha amiga. A melhor pessoa que conheço. A que está nas minhas orações de todos os dias, a que não desiste de ver o bem. Mesmo quando o bem não está aos olhos de ninguém. Esta é a minha amiga. A Irma. A mãe do Moa e do Suri. A que não desiste, a que faz do amor gasolina. A que se rodeia de gente boa, porque é gente boa”.

“Um país inteiro uniu-se nesta busca. É comovente ver que a discórdia e a porcaria que vagueia na net nunca vão ser superiores ao amor e à empatia. A generosidade não está fora de moda nem em vias de extinção. Esta é a minha amiga. Esta é a cara de felicidade de quem encontrou o seu melhor amigo e de quem está de volta a casa. Obrigada por cuidarem da minha amiga. Obrigada por mostrarem que o amor vence sempre”, remata.

Percorra a galeria para ver algumas fotos deste amigo de quatro patas.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->