Família

Cão desaparecido em incêndio no Chile reúne-se com o dono. Vídeo é emocionante

Juan pensou que nunca mais veria o seu Lucky, desaparecido quando o fogo chegou à sua casa. Mas a história teve um final feliz.
Fiéis companheiros.

Um jovem chileno saiu de casa para ir trabalhar, no passado dia 2 de fevereiro, como fazia todos os dias. Para ele, era mais um dia como os outros. Mas tudo mudou quando os devastadores incêndios florestais que atingiram a cidade costeira de Viña del Mar, no Chile, chegaram à sua casa. Juan regressou a um lar destruído, para descobrir que também o seu cão Lucky tinha desaparecido. Mas aquela que seria mais uma história triste a contar sobre estes fogos acabou por terminar bem.

Pouco depois de ter saído de casa, as chamas chegaram inesperadamente à zona onde vivia. O tempo seco e o vento forte contribuíram para o desastre. No dia seguinte, cerca de três mil casas tinham sido consumidas pelo fogo, incluindo a de Juan. E do seu amigo de quatro patas… nada.

Juan colocou cartazes à procura de Lucky, na esperança de ele ter conseguido fugir e ter sobrevivido. E foi precisamente isso que aconteceu. O patudo conseguiu escapar de casa e correu o mais que conseguiu, até começar a andar mais devagar – exausto, com fome e sede. Três dias depois, uma voluntária de um abrigo animal avistou-o na cidade, a deambular pelas ruas, e recordou-se de já ter visto um apelo à sua procura. O resto da história já se adivinha: Juan foi contactado e não cabia em si de contente quando lhe disseram que o seu amigo canino estava vivo.

Lucky foi levado para a Escola Libertador Bernardo O’Higgins, que está a funcionar atualmente como abrigo para animais atingidos pelo desastre. Estava já distante de casa, mas ainda na mesma cidade, e a reunião entre Juan e Lucky deu-se logo de seguida.


O reencontro foi filmado e cedido à publicação “Valparaíso Informa”, tendo já sido partilhado milhares de vezes nas redes sociais, com o vídeo a tocar o coração de muitas pessoas pela ternura que emana: cão e dono abraçados, numa alegria desmedida.

Chile ainda tem muitos animais a precisar de ajuda

Muitos outros animais atingidos por estes incêndios não tiveram a mesma sorte – e há também casos em que cães e gatos ficaram sem os seus tutores, que sucumbiram na tragédia, estando agora à espera de novos lares. Para atender a todas estas situações há equipas de voluntários chilenos e estrangeiros da causa animal no terreno, que estão a trabalhar incansavelmente para ajudar todos os que precisam.

Uma dessas equipas faz parte da organização Humane Society International (que também esteve presente no socorro a animais, há um ano, na Turquia), com operacionais da Guatemala, El Salvador, México e Estados Unidos a acorrerem para ajudar nesta emergência no Chile. Percorra a galeria para ver algumas das suas fotos no local.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT