Família

Cão-herói. Pancho foi esfaqueado mas sobreviveu para salvar a família

O cão foi adotado há oito anos. Levou pontapés e foi esfaqueado no pescoço pelo intruso que invadiu a casa da família.
É um guerreiro.

Um cão adotado há oito anos passou de resgatado a herói após salvar a vida da família que lhe ofereceu uma segunda oportunidade. Pancho confrontou um homem que invadiu a casa dos tutores na passada quarta-feira, 5 de junho, e acabou por evitar uma tragédia. O patudo foi esfaqueado no pescoço e levou vários pontapés, mas sobreviveu milagrosamente. 

“O intruso esfaqueou e rasgou o seu pescoço profundamente e abriu-o tão amplamente, que é um milagre que a sua traqueia e o esófago ainda estejam intactos”, avançou a Española Humane, a associação no estado do Novo México, Estados Unidos, que o resgatou há oito anos e tem acompanhado a recuperação. “Mesmo assim, ele lutou contra o homem e salvou a vida dos tutores. Depois, foi a vez deles salvarem a dele”. 

O patudo também teve de resistir a vários pontapés violentos, que chegaram a deslocar algumas das suas costelas, impedindo que Pancho conseguisse andar. 

Após o ataque, o intruso acabou por fugir e os donos de Pancho tiveram de agir rapidamente. Enquanto o companheiro deitava sangue, aplicaram pressão no corte e conduziram à procura de um hospital veterinário. Quando não encontraram um aberto, entraram em desespero e foram até a associação onde o adotaram há quase uma década. 

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Española Humane (@espanolahumane)

“O Pancho tinha perdido uma quantidade enorme de sangue e estava muito fraco, mas ainda assim, toda vez que lhe falávamos que ele era um bom menino, ele abanava o rabo”, referiu. “A certa altura, enquanto o preparávamos para a cirurgia, o coração dele deixou de bater e ele parou de respirar, mas o amor, a determinação e a incrível habilidade da nossa equipa trouxeram-no de volta”. 

O cão passou por uma cirurgia delicada e depois de receber vários medicamentos, conseguiu recuperar. Esta quinta-feira, 13 de junho, o grupo de resgate partilhou uma atualização sobre o herói de quatro patas. “O ferimento em volta do pescoço está a curar-se lindamente, ele consegue andar e colocar as duas patas traseiras corretamente no chão”, referiu, animado.

Na próxima semana, o cão irá retirar os curativos e quando isso acontecer, a associação quer fazer uma festa para celebrar a sua recuperação completa. Apesar do trauma, Pancho ainda tem muito para viver e aproveitar ao lado da família. 

A seguir, carregue na galeria para conhecer o herói. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT