Família

Estes dois manos sonham ter a mesma família. Estão em Setúbal à espera desse dia

“São tímidos no primeiro encontro, mas depois seguem as pessoas para todo o lado”, diz Ana Lourenço, que os resgatou de um canil.

Quando dois animais que se adoram têm a felicidade de ser adotados em conjunto, podendo viver juntos para sempre, a nova família já sabe que poderá contar com uma eterna gratidão – e lealdade e brincadeiras a dobrar. É com isso que sonham os manos Timmy e Tommy, que estão a viver num hotel canino em Setúbal, a aguardar pela oportunidade de irem para um lar de amor.

Timmy e Tommy foram resgatados em bebés, de um canil em Vila Real, pela protetora Ana Lourenço e por outra voluntária desse mesmo centro de recolha animal. “Tremiam muito e choravam dentro da box. Juntámos madrinhas e foram para regime de hotel”, conta Ana à PiT.

Por serem tão amorosos, Ana pensou que seriam rapidamente adotados. Não foi o que aconteceu e já quase três anos se passaram. “Têm estado a crescer no hotel, sem quaisquer interessados. Ou por serem pretos – e não consigo compreender o que há de errado na cor –, ou porque ficaram grandes, ou porque não podiam adotar dois”, lamenta a protetora do Porto.

Manos são muito unidos

“Não queremos separá-los porque cresceram juntos e são muito unidos. Estão castrados, estão com 30 kgs e três aninhos. Ainda são um pouco tímidos no primeiro encontro, mas depois seguem as pessoas para todo o lado. São sociáveis com outros cães, mas com gatos não sabemos”, sublinha Ana Lourenço.

No hotel estão habituados a correrem livres pelo terreno. E, por isso mesmo, “damos preferência a alguém com espaço exterior e vedado. Não damos cães para acorrentar e o adotante assume o pagamento de colocação do chip”, explica. Ana e duas amigas suas são as madrinhas de hotel destes dois manos, que estão alojados na zona de Setúbal. “Quem lhes dá finalmente uma família?”, pergunta Ana.

“Oiço muitas vezes que eles são feios. Ou feios, ou pretos, ou grandes. Para mim são lindos”, diz Ana, sublinhando que quando os manos tiverem uma família pode ajudar a salvar outros, colocando-os em hotel.

Para que mais pessoas os vejam, o Timmy e o Tommy já estão registados na PiTmatch, a plataforma da PiT de adoção responsável. Também pode contactar a Ana por mensagem no Facebook para saber o que fazer se quiser ser a família que eles tanto esperam.

Percorra a galeria para os conhecer melhor – e não perca a oportunidade de os visitar e, quem sabe, adotar.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT