Família

Há um novo café para ir estudar em Coimbra. E pode levar o ajudante de quatro patas

O Nau Coffee abriu a 29 de janeiro e homenageia as raízes portuguesas ao trazer o melhor café para a cidade. É work-friendly.
Já pode visitar.

Tudo começou quando Francisco Madeira decidiu imigrar para a Alemanha, em 2019. Este foi o momento que mudou a trajetória da sua vida, ao acompanhar a namorada numa aventura noutro país. Apesar de ter trabalhado sempre no ramo do turismo desportivo, não hesitou em encontrar outras áreas onde se pudesse sentir realizado. Nesse momento, o jovem descobriu a sua paixão pelo café.

“Na altura, comecei por trabalhar na Starbucks, onde assisti a formações internas e me familiarizei com esta bebida. Passei por diversos espaços que tinham um cuidado diferente na execução e, de certa forma, eram especializados apenas em café. Aprendi através da prática e com os colegas”, esclarece. Quando decidiu abrir o próprio espaço, considerou que não haveria melhor local do que a cidade que o viu nascer: Coimbra.

Já com esse sonho, aos 28 anos, Francisco regressou a Portugal em 2023. “A ideia melhorou, fizemos obras, decidimos começar a introduzir o conceito às pessoas através das redes sociais até à inauguração”. O Nau Coffee abriu no passado dia 29 de janeiro, com a promessa de trazer o melhor café aos conimbricenses.

O novo spot da cidade de Coimbra é perfeito para os alunos estudarem em grupo, enquanto bebem um café ou devoram uma tosta, durante a tarde. Todos são bem-vindos, incluindo os companheiros de quatro patas. Este é um espaço acolhedor e simples, com uma decoração minimalista que remete para os tons do oceano.

O conceito inspirou-se na tradição portuguesa e no processo de origem deste ingrediente no País. O café surgiu em Portugal durante os Descobrimentos, depois da chegada dos navegadores ao Oriente. “Nau é uma das melhores palavras que descreve o País. Além de ser um excelente trocadilho com o ‘now’ em inglês, que significa agora”.

No entanto, a realidade é que nem todo o grão de café é o mesmo e este é um dos pormenores que diferencia este espaço dos restantes. Aqui, só é utilizado café de especialidade. “Queremos demonstrar que o café é subvalorizado, deve ser bebido para apreciar e não apenas pela cafeína. É um produto aromático e bastante interessante. Até gosto de dizer que quase dá para provar a personalidade de quem o faz, porque a paixão intensifica o sabor do café”, explica.

Apenas dez por cento do café mundial é que entra nestes parâmetros e é classificado como café de especialidade. “Existem imensas categorias para o grão e é uma associação que regula todos estes fatores. Para ganhar esse título é preciso ter 85 pontos, o que não é fácil”. Por isso, o Nau Coffee só trabalha com o melhor café, não apenas da região, mas do mundo.

O menu disponível é fixo e é sempre possível torná-lo vegan ou vegetariano. Na parte das bebidas pode pedir, desde o tradicional expresso (1€) ou americano (1,9€) até aos lattes simples (2,3€), de avelã (2,9€), baunilha (2,9€) ou caramelo (2,9€). No entanto, nas datas comemorativas terão sempre bebidas temáticas e sazonais. Também há comida, caso queira lanchar. Há torradas: a tradicional (2,5€), com guacamole (4€), com hummus (5,5€) e pico de galo (4€), por exemplo.

Em seguida carregue na galeria para conhecer o novo café em Coimbra, o Nau Coffee.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT