Família

Londres. A cidade mais pet friendly da Europa vive um dia histórico e espera por si

Entre os chá, os esquilos do Hyde Park e os cafés com gatos e cães, há muito para ver na capital inglesa.
Damos-lhe algumas ideias de alojamentos.

Com vontade de pôr o pé e a pata fora de Portugal? A PiT traz-lhe mais um destino pet friendly, onde os patudos aproveitam tanto quanto os tutores. Depois de Roma e das ruínas deixadas pelos seus antepassados, falamos-lhe da cidade europeia que anda nas bocas do mundo. Faça as malas e embarque numa viagem a Londres, com a melhor seleção de locais a visitar e alojamentos para ficar.

Seja para ver os Corgis da Rainha Isabel II, cujo funeral se realiza esta segunda-feira, dia 19 de setembro, ou para lhe prestar uma derradeira homenagem, não há altura mais histórica para se viajar para a capital inglesa. Há muito para fazer com o seu cão em Londres, desde caminhar pelos parques verdes da cidade, a ir beber um chá com ele e até mesmo ver um filme no cinema.

Seja a pé, de autocarro ou pelo famoso “tube” (o metro da cidade), o seu cão pode andar por todo o lado. Os transportes públicos em Londres são completamente gratuitos para até dois cães. Caso esteja com três ou mais, pode ter que pagar uma taxa extra, mas nada o proíbe de andar com eles, desde que com trela.

Os transportes não ficam por aqui. Uma das melhores atividades para se fazer na capital inglesa é andar de barco pelo Regent’s Park, navegando pelo canal à medida que é recheado pelo verde do parque e vê alguma da fauna que lá habita, como cisnes e outros pássaros. O barco vai em direção ao Zoo de Londres, podendo ver muitos dos animais que lá estão, tendo em conta que o estabelecimento não permite a entrada de cães.

Mas o Regent’s Park não é o único a permitir a entrada de cães. Se quiser fazer uma visitinha aos esquilos, um dos símbolos de Londres, poderá sempre ir até ao Hyde Park, perto do Buckingham Palace, e ao Richmond Park, o maior da cidade, com cerca de 12 quilómetros.

Quando a fome começar a apertar, pode sempre escolher um restaurante ou café dentro dos diversos que existem em Londres. Ou então optar por aqueles que já têm as suas próprias mascotes, como é o caso do Cuppapug, com chá, cupcakes e sumos naturais à disposição e muitos Pugs à mistura. Além dos miúdos com menos de cinco anos não pagarem, tem ainda uma piscina de bolas para os cães. E quem sabe se não sai de lá com um: o café tem Pugs para adoção.

Para os amantes de gatos, também há opções. O Lady Dinah’s Cat Emporium, o primeiro cat café na cidade, tem gatos a repousar em troncos de árvores, a brincar em roletas e a passear pelos passadiços no teto. Todos os alimentos são inspirados nos amigos de quatro patas e no conto “Alice e o País das Maravilhas”, tendo bolos e outros doces, café e chá para se deliciar.

Os cães adoram o Big Ben.

De barriga cheia, ainda há muito para ver em Londres. Infelizmente, alguns dos sítios mais renomados da capital não são acessíveis aos patudos, como a famosa London Eye, a roda gigante que vê a cidade de cima, o British Museum, entre outros.

Poderá ver o icónico Big Ben, já com as obras de restauro concluídas, e caminhar pelo chão de vidro da Tower Bridge e ainda aproveitar para ver a exposição que é muito recetiva a animais. Já para resolver o problema da vista incrível que a roda gigante lhe daria e ao seu animal, pode sempre andar no teleférico da Emirates Air Line, que vai desde a península de Greenwich até às Royal Docks.

Já no que diz respeito a museus, o seu cão pode conhecer um pouco da história e cultura londrina através do Museu Brunel, situado em Rotherhithe. Além dos eventos que costuma acolher, o museu conta a história de uma das dinastias de engenharia do mundo, tendo sido a primeira a organizar um concerto em 1827.

Para terminar o dia, se ainda estiverem capazes para isso, haverá possibilidade de beber um cocktail num dos rooftops da cidade, como é o caso do Skylight at Tobacco Dock, com a melhor vista para o horizonte de Londres. Ou acabar a noite a ver um filme com o seu cão num dos cinemas dog friendly locais. O Picturehouse Cinema é o mais conhecido, que dá snacks e água aos cães, assim como uma manta para se deitarem. Contudo, só são permitidos em determinadas sessões dedicadas a eles, pelo que é preciso estar atento.

O Rooftop Film Club é ao ar livre, combinando a vista sobre a cidade com um bom enredo canino. Entre terror, romance e comédia, está prometida uma noite bestial para si e para o seu pet.

Chegados ao fim da noite só há uma coisa em que os tutores e cães pensam: uma boa cama. A PiT dá-lhe as melhores sugestões de alojamentos em Londres, para que decidir não seja um problema.

Carregue na galeria para ver o que escolhemos para si.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->