Família

Nesta casa no Alentejo, até o seu patudo tem direito a espaço próprio

O turismo na zona do Alandroal tem vindo a crescer e a Casa do Mestre Lau, no seu coração, é ideal para quem a deseja conhecer.
O terraço fica ainda melhor durante a ceia.

No Alentejo, junto à fronteira com Espanha, encontra-se a vila de Terena. A freguesia do município do Alandroal foi, em tempos, um dos fortes na primeira linha de defesa do nosso país contra os nossos vizinhos espanhóis e hoje é uma vila pacata ideal para relaxar com o seu patudo.

No seu coração está a Casa do Mestre Lau, uma residência com dois quartos, sala de estar e cozinha bem equipada. E tem um espaço dedicado ao seu melhor amigo de quatro patas. “Temos um espaço dentro da casa pensado para eles. Está equipado com uma cama, tigelas para a água e ração e até tem umas patinhas pintadas na parede”, conta à PiT Maria Melo, filha dos proprietários e neta do Mestre Lau. “Pertencia aos meus avós e eles sempre alojaram outras pessoas naquela casa. Arrendavam a visitantes que queriam conhecer a terra. O meu avô era conhecido aqui na zona e decidimos homenageá-lo dando-lhe o seu nome. Entretanto, passou para os meus pais e eles converteram-na em alojamento local”, explica a proprietária.

A Casa do Mestre Lau foi toda renovada, mas a decoração manteve-se fiel à tradição e rusticidade associadas às terras alentejanas. Os móveis são da TerenArtes, o atelier da mãe de Maria, juntamente com uma sócia.

O alojamento está disponível por valores a partir dos 90€ por noite, variando consoante a época do ano e a plataforma por onde é arrendada, uma vez que a Airbnb e o Booking têm taxas próprias. Assim, a estadia pode custar até 120€. Os patudos não pagam nada.

“Eu tenho um cão, o Ollie, e ele vai connosco para todo o lado e sabemos as dificuldades que há em arranjar sítio onde ele também possa ir. Portanto não fazia sentido termos um alojamento onde as pessoas não pudessem levar os seus animais”, afirma Maria, falando do seu Weimaraner. “Ele é uma espécie de embaixador da casa”, acrescenta, rindo.

A zona do Alandroal tem vindo a ser alvo de desenvolvimento turístico, portanto há muitas atividades à sua espera nestas terras alentejanas. E Terena está no meio de tudo. “Terena é uma das vilas mais antigas de Portugal e, felizmente, uma das mais bonitas também. Além do centro histórico, a zona mais antiga da vila, temos muito turismo”, conta a proprietária da Casa do Mestre Lau.  

Sejam passeios de balão de ar quente, praias fluviais, passeios pela zona histórica e pela barragem Lucefécit (que o seu patudo vai adorar), seja uma viagem pelos sabores do Alentejo, coisas para conhecer e fazer não lhe vão faltar. “Temos muitos produtos naturais, como o mel, os enchidos ou os chás”, acrescenta.

Com água na boca, é o momento ideal para experimentar as iguarias mais icónicas desta bonita zona no Sul do nosso país. “Têm que experimentar o gaspacho típico alentejano, a açorda de alho, a sopa de tomate, as migas e a carne de porco à alentejana. No Alandroal também existe o festival do peixe do rio, onde é servido um prato típico (e ótimo) aqui do concelho”, diz Maria, rindo quando acrescenta que a cozinha alentejana não é a mais leve do mundo. Sejamos verdadeiros, para quem é que isso é um problema? Todos gostamos de uma bela sesta naquelas horas mais quentes a seguir ao almoço e este ambiente relaxado é ideal para uma tarde dessas.

Percorra a galeria para conhecer melhor a Casa do Mestre Lau, as atividades que o esperam e a zona da vila de Terena.

FICHA TÉCNICA

  • MORADA
    Rua Dr. Joaquim C. Galhardas, nº 32
    7250-065 Terena
PREÇO
A partir de 90€.
TIPO
Hotéis pet friendly

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT