Família

O casal inglês que se mudou para Portugal com 4 cães gigantes: “Foi a melhor decisão”

A família vive em Castelo Branco e conta com mais de 75 mil seguidores no TikTok. Tem também quatro gatos e seis galinhas.
Kate com os quatro bebés.

Quando Kate Vardy assistiu “Beethoven” (1992), apaixonou-se pelo São Bernardo que só fazia asneiras. Mas assim como a cidadã inglesa de 39 anos, milhões de pessoas pensaram em comprar um cão gigante e peludo como aquele. A única diferença é que Kate seguiu mesmo em frente. Hoje, não tem um Beethoven, mas sim quatro cães como ele e todos têm nomes de personagens de “Harry Potter”.

Luna, Hagrid, Dobby e Bellatrix são a grande paixão da família britânica que se mudou para Perdigão, Castelo Branco, em junho de 2021. Kate e o marido, Russ, trabalhavam na Marinha Real Britânica e quando se reformaram, sabiam que queriam mudar para outro país. Dois anos antes, contam-nos que trabalharam mais do que o habitual para conseguirem juntar dinheiro e realizarem o sonho.

“Escolhemos Portugal porque era tranquilo e amigável”, recorda à PiT Kate. “Se ficássemos no Reino Unido, não teríamos condições de nos reformar. Nós dois trabalhávamos muito, eu 72 horas por semana e o Russ estava sempre em viagens para a marinha”, acrescenta. Desde miúda, sempre adorou cães e o seu primeiro foi Oxo, um Labrador. Mais tarde, já na idade adulta, deu as boas vindas a mais dois.

Louey e Charlie, da mesma raça, chegaram a viver com os tutores em solo português antes de morrerem já idosos — o primeiro ficou por cá durante seis meses e o segundo, um ano. A viagem que mudou a vida da família foi uma verdadeira aventura. Na altura, em junho de 2021, Kate e Russ trouxeram Hagrid, Luna, Charlie, Louey e três gatos do Reino Unido.

A primeira paragem foi em França. O tutor apanhou a balsa com os felinos e depois, veio a conduzir. “O nosso carro é enorme e construímos rampas para os cães”, explica. Já Kate, a mãe e os quatro cães foram levados por uma empresa de transporte de animais através do Eurotúnel, um túnel ferroviário de 50,5 quilómetros que tem um troço submerso de 37,9 quilómetros. A viagem durou cerca de dois dias e meio.

“Os gatos ficaram ótimos. Os cães adoraram a aventura e a facilidade para fazerem xixi em França e Espanha ao longo das rodovias”, aponta. “Também foi fácil encontramos hotéis dog friendly”.

A família (quase) completa.

São todos filhinhos da mamã

Além da paixão por “Beethoven”, Kate partilha que adorava o filme “Cujo”, inspirado num livro de Stephen King. Neste clássico de 1981, porém, o São Bernardo não é tão fofo como o anterior.

A história segue Cujo, o cão da família Camber que foi sempre descrito como amoroso e uma ótima companhia — até ser mordido por um morcego e contrair raiva. A partir daí, vai à loucura e transforma-se num assassino que ataca qualquer um que se aproxime.

Diferenças à parte, o terror não foi suficiente para acabar com o fascínio que tinha pela raça. Pelo contrário, o seu primeiro São Bernardo, Yogi, viveu até aos sete anos. O gigante morreu no exato dia em que Luna e Hagrid nasceram. A dupla viajou até ao Reino Unido do Saint Valley Kenne, um criador na Roménia.

Já em Portugal, Kate e Russ receberam Bellatrix e Dobby, que vieram de Inglaterra em 2022. Com um ano e meio, os cães ainda não pararam de crescer. “Só param aos dois anos”, explica a tutora. “Como raça grande, têm uma expectativa de vida entre oito e 12 anos”. Dobby e Hagrid, os dois machos, pesam 80 quilos. Luna tem 68 e Bellatrix, 58. Dobby e Bellatrix ainda estão em fase de crescimento.

Na propriedade onde vivem em Castelo Branco, Kate e Russ construíram uma piscina natural para os gigantes refrescarem-se nos dias mais quentes. “A Luna adora perseguir sapos na piscina e nadar. O Hagrid gosta de ladrar para o nada e ver o seu crush, o nosso vizinho José”, refere. “A Bellatrix gosta de brincar com o nosso gato, Naughty Norbert. O Dobby adora receber abraços e ser o centro das atenções”.

Naughty Norbert é o mais novo da família de gatos e foi encontrado em Perdigão pelo casal quando ainda era bebé. Com poucos meses de vida, tinha a mesma idade que Bellatrix e os dois apaixonaram-se. O que todos têm em comum? “Seguem a mamã para todos os lados”.

Bellatrix e Naughty Norbert.

Se quer um, é preciso responsabilidade

Apesar de ter a casa cheia, a britânica avança que não é uma criadora e se os seus cães tivessem bebés, “ficaria com todos”. Além disso, frisa que apesar de serem majestosos, é importante pesquisar muito sobre a raça antes de decidir ter um.  “Dão muito trabalho para tratar da saúde e higiene e são uma raça cara”, diz à PiT.

Há cerca de uma semana, os quatro gigantes tornarem-se em estrelas no TikTok. Um vídeo de Luna, Hagrid, Dobby e Bellatrix a “atacarem” Russ com beijinhos tornou-se viral e já conta com quase 37 milhões de visualizações. Kate partilha o dia a dia da família numa página na paltaforma e também num grupo no Facebook.

Já reformado, o casal passa o dia a cuidar dos animais — quatro cães, quatro gatos e seis galinhas —, a fazer jardinagem e a remodelar a propriedade onde vivem. “Adoramos viver em Portugal, foi a melhor decisão que tomámos”, partilha Kate. “Toda a gente é muito amigável e prestativo”, afirma.

Já o amor que sente pelos patudos, é indescritível. “Amo os meus bebés, são os meus filhos”, sublinha. “Eles dão-nos tanto e não pedem nada em troca. É por isso que publico sempre fotos e vídeos seus nas redes sociais, porque quero que o mundo veja o quão maravilhosos são”.

A seguir, carregue na galeria para conhecer a família.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT