Família

O momento em que irmãos reféns do Hamas se reencontram com cão após serem libertados

Durante o reencontro, a família sabia que "nada deixaria os miúdos mais felizes" do que terem a companhia de Rodney.
Ficaram eufóricos.

Quase dois meses depois do ataque do Hamas a Israel, Hagar e os seus três filhos, Ofri, Yuval e Oriya Brodutch, foram libertados pelo grupo islâmico na sequência do cessar-fogo temporário acordado em Gaza. A mulher de 40 anos e os miúdos de dez, nove e quatro anos, respetivamente, reuniram-se com a família nesta segunda-feira, 26 de novembro, e tiveram uma surpresa agradável: o cão Rodney.

Ofri Brodutch, marido de Hagar e pai dos três irmãos, esperou-os ansiosamente no reencontro organizado pelas autoridades e não estava sozinho. Ao seu lado, tinha Rodney que também não escondeu a alegria ao ver os três “manos” humanos. Num vídeo partilhado pelo hospital onde a reunião ocorreu, um dia depois de serem libertados, é possível ver o momento que os miúdos são recebidos pelo patudo.

Segundo o jornal “El Mundo”,  Hagar, Ofri, Yuval e Oriya foram levados pelo Hamas da sua casa em Kfar Aza, uma vila em Israel. Avihai tentou proteger a propriedade enquanto a família se escondi num quarto trancado. Contudo, quando voltou para a encontrar, os três filhos e a mulher havia desaparecido e tinha a certeza de que todos estavam mortos.

Só vários dias depois é que descobriu que todos estava vivos e haviam sido sequestrados por homens armados do grupo, juntamente com a filha de três anos dos seus vizinhos mortos durante o ataque. “Senti como se tivesse ganhado na lotaria”, disse à ABC News, ao saber que a família ainda estava viva.

Nos dias que se seguiram, Avihai ficou sentado do lado de fora do Ministério da Defesa, acompanhado do cão e uma placa que dizia: “A minha família foi levada para Gaza”. Desde então, tentou ajudar ao máximo na luta para s trazer para casa.

O acordo entre Israel e o Hamas foi possível graças à mediação do Qatar, do Egito e dos Estados Unidos. As duas forças acordaram recentemente um prolongamento de dois dias das tréguas em Gaza, que permitirá a libertação diária de dez reféns por parte do Hamas e 30 por parte de Israel. Nesta segunda-feira, além da família Brodutch, o grupo libertou mais 13 reféns israelitas.

Entre eles, estava ainda a adolescente Mia Leimberg, que foi sequestrada com a sua cadela Bella. A dupla foi fotografada a ser libertada em conjunto e com Bella ao colo, Mia reuniu-se com amigos e familiares.

Os animais são também uma vítima do conflito entre Israel e a Palestina, que se prolonga por várias décadas. E não são deixados para trás. Em Gaza, vários vídeos partilhados nas redes sociais mostram os palestinianos a ajudarem aqueles que encontram pelo caminho, especialmente gatos. Já as famílias que têm de sair das próprias casas por causa dos constantes ataques israelitas, não os abandonam e são fotografadas com cães, gatos e pássaros, à procura de uma vida decente.

Carregue na galeria para ver fotografias de Rodney, Bella e dos animais resgatados pelos palestinianos em Gaza.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT