Família

Shiner, o cavalo famoso na Internet por limpar as lágrimas à tutora enquanto chorava

O cavalo sentiu a tristeza da criadora e não hesitou em dar-lhe um "abraço" muito comovente. Veja o vídeo.
O conforto de cavalo e tutora.

Os animais são o porto seguro de muitas pessoas nos piores momentos. Para Shania Hunnicutt, não é diferente. Numa das alturas mais difíceis da sua vida encontrou refúgio junto dos seus cavalos e acabou por receber o melhor consolo: um abraço.

O momento foi captado em vídeo e publicado em novembro do ano passado nas redes sociais da criadora. Entretanto, foi reavivado nas redes sociais causando reações emocionantes.

Shania Hunnicutt, 26 anos, grava todas as suas interações com os cavalos. Tanto as alegres. Como as tristes: “Estava a passar por um divórcio e ia sair de casa nesse dia”, conta.

Quando se sentou junto dos cavalos, ainda conseguiu aguentar as lágrimas. Mas tudo mudou depois do “abraço” de Shiner, o seu cavalo com quatro anos: “Estava a esconder as minhas emoções e o meu cavalo sentiu isso”. Mal se encostou a ele, Shania começou a chorar compulsivamente, que “era exatamente o que precisava”.

Na descrição da publicação, a tutora admite que Shiner “nunca tinha feito isto”. O companheiro equídeo deu uma nova sensação de conforto a Shania: “Eu sabia que não estava sozinha, pois tinha comigo o meu melhor amigo”.

“Ele é o meu cavalo de coração”, remata a criadora. Dos quatro anos, Shiner está há dois com a sua tutora e foi o seu primeiro cavalo, tendo tido direito a tratamento privilegiado: “Teve tanta atenção e amor. Criámos esta conexão e ele confia tanto em mim. Ele passou por tudo comigo”.

Além de Shiner, o outro cavalo que podemos ver no vídeo é Moonlight, a irmã dele. Uma égua com dois anos que, apesar de ser mais reservada, adora estar na companhia de Shania e também é uma grande fonte de consolo.

Shania está a estudar para ser uma treinadora de cavalos profissional utilizando o método Esquine Gestalt. Tal consiste na chamada de atenção para os bloqueios emocionais e na criação de respostas corporais aos mesmos no trabalho com cavalos e de outras experiências da natureza.

Durante alguns meses, a tutora esteve longe dos seus dois cavalos, mas ia visitá-los sempre que podia. E, ao que parece, as saudades eram mútuas: “Shiner esteve sempre perto de mim e consigo imaginar que tenha sentido a minha falta. Ele adorou o tempo que passámos juntos. Já Moonshine adorava apenas estar connosco e ver como Shiner reagia a mim”, escreve numa publicação.

Quando arranjou um trabalho, conseguiu levar os seus adoráveis animais para junto de si e fazem um grande sucesso no estábulo onde se encontram: “Shiner é um cavalo muito inteligente, até demasiado para o seu bem. Ele é o favorito aqui no celeiro e super amigável”, conta.

Carregue na galeria para ver algumas das fotografias de Shiner e Moonshine com a sua tutora.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->