Família

Surpresa. Tutora descobre que gato tem outras 7 famílias

O inteligente felino saia todos os dias para ir comer e receber mimos das outras casas. Até a dona (oficial) descobrir.

Pete foi sempre um gato sociável. Desde bebé, o felino de pelagem preta adorava passar tempo no quintal de casa a brincar e a conhecer as pessoas e os animais novos que por lá passavam. Quando cresceu, começou a dar voltinhas mais longe pelo bairro, e já era conhecido entre os vizinhos. Mas este ano, a tutora Megan Holley descobriu que o patudo não andava só pelas proximidades. 

Em janeiro, a dona ficou surpresa quando, num grupo do Facebook, uma das suas vizinhas mais distantes partilhou um vídeo de Pete, apanhado pela câmara de segurança, a perguntar se aquele gato pertencia a alguém. “Ela já o estava a alimentar e a dar-lhe atenção há duas semanas”, contou ao site de animais “The Dodo”.

Bastou uma publicação para a dona descobrir a “farsa” do companheiro — vários outros vizinhos distantes começaram a relatar que tinham “adotado” o gato e que todos os dias, davam-lhe comida ou petiscos. Diariamente, sempre que saia de casa, Pete visitava todas as casas onde sabia que era bem-vindo e além de comida, recebia mimos e até dias de spa em que era escovado pela “família”. 

Se não bastasse as várias vidas que tinha, o gato começou a ensinar a arte de enganar as famílias a um outro felino. Houve um dia em que levou o patudo até ao seu lar oficial e Megan pensou que o novo “amigo” do companheiro era um animal vadio. Mas apercebeu-se rapidamente que aquele pertencia a um outro vizinho. 

“O amigo de Pete vinha comer um lanche e buscá-lo para um dia de brincadeiras e passeios pela vizinhança”, partilha. “Alguns vizinhos mandavam mensagens a dizer que os viram a passear juntos. Ele também fica com todos os miúdos na paragem de autocarro pela manhã e à tarde, quando regressam da escola, fazem-lhe festas pelo caminho. Já é conhecido”. 

Agora que o segredo de Pete foi desvendado, as outras casas têm diminuído a quantidade de comida e petiscos que o oferecem. Mas o amor e carinho que recebe de todos não diminuiu — é considerado o “presidente” do bairro. “Agora, quando o apanho noutras casas quando estou a conduzir, abro a janela e chamo o seu nome. Ele olha para mim como se tivesse sido apanhado, vem até o meu carro e apanha boleia para casa”. 

A seguir, carregue na galeria para conhecer o simpático gato.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT