Saúde

Está um forte temporal mas o seu cão precisa de exercício? Faça treino de passadeira

Chegou o outono e as chuvas, mas há maneira de manter o seu patudo em forma sem ter de ficar encharcado.
Um ginásio em casa.

Quem tem cães, sabe que a hora do passeio é, para eles, um dos momentos altos do dia. Mas, por vezes, o tempo está terrível lá fora e é complicado dar essa voltinha tão ansiada. E se o temporal durar uma semana ou mais? Não só apanhar ar e ver as vistas faz falta como também é uma atividade essencial para que o nosso patudo faça exercício.

Quanto ao exercício, o problema pode resolver-se facilmente no caso de um inverno rigoroso. Ninguém quer ver o seu amigo de quatro patas engordar, a ponto de o excesso de peso prejudicar a sua saúde, mas já existe uma solução: a passadeira.

É isso mesmo. Já existem passadeiras especialmente concebidas para cães, como é o caso da Dog Runner Tracks, que pode comprar por 899€ na loja online da empresa portuguesa K9Master.

Esta passadeira é estável e tem definições de velocidade ajustável (entre 0,8 e 13 quilómetros por hora), dispondo também de um suporte onde pode prender o arnês para maior segurança. Além disso, adequa-se a cães de pequeno, médio e grande porte, com um peso até aos 90 quilos.

A Dog Runner Tracks tem tês posições de inclinação reguláveis manualmente e um ecrã LCD.

Com este produto, já não precisa de passear o seu cão à chuva ou em pleno temporal, além de que não ocupa muito espaço, aumenta a concentração e garante ao seu animal a necessária dose diária de exercício – ajudando-o a manter o peso.

A passadeira não substitui um passeio, sempre que isso é possível, porque apanhar ar, cheirar e passear com o tutor é uma atividade muito importante para o cão, estimulando-o mentalmente. Por isso, pode usar a passadeira para gastar a energia extra, mas também é preciso dar-lhe o devido tempo no exterior para se divertir.

Esteja ou não mau tempo, o certo é que esta passadeira pode ser uma boa aliada na regular rotina de fitness do seu patudo, a par com os passeios.

A melhor maneira de o ensinar a andar na passadeira é prendê-lo pelo arnês e ir empurrando lentamente o tapete rolante com uma mão, de modo a fazê-lo dar passos lentos, ao mesmo tempo que segura na outra mão o seu brinquedo preferido. À medida que ele for ganhando confiança, deixará de ser necessário empurrar a passadeira com a mão.

Não se deve colocar na passadeira cães com menos de 10 meses – e quando são juniores não devem fazer mais do que 2-3 minutos três vezes por semana. Além disso, o exercício deve ser sempre supervisionado.

Agora que sabe como deve fazer, só falta mesmo testar. E não se esqueça que andar ou correr na passadeira deve ser uma atividade agradável para o seu cão – que nunca deve ser obrigado a manter-se em cima do aparelho.

Percorra a galeria para conhecer melhor este produto.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->