Saúde

Nove maneiras de poupar nos custos com cães e gatos sem descurar a saúde

Com a crise que se vive no mundo, há que cortar nalguns custos. E, já sabe, mais vale prevenir do que remediar.
Melhores amigos.

O aumento do custo de vida já se faz notar em grande parte do mundo e Portugal não é exceção. Com a elevada inflação, a crise energética e a invasão da Ucrânia pela Rússia, os preços de muitos bens essenciais têm estado a subir. Para quem tem animais de companhia, esses custos podem tornar-se ainda mais altos.

Como tutores responsáveis, temos obrigações para com os nossos animais, que são membros da família – nomeadamente levá-los ao veterinário quando estão doentes. Mas há algumas coisas que podemos fazer para aliviar a fatura com os nossos pets, tal como fazemos com as nossas despesas.

Dicas para cortar nos custos

A pensar nisso, a American Society for the Prevention of Cruelty to Animal (ASPCA) fez uma lista com as sugestões de onde se pode cortar nos custos com os nossos cães, gatos e outros animais.

São nove as dicas apresentadas para nos ajudar a poupar algum dinheiro, sem descurarmos os devidos cuidados com os patudos lá de casa.

Percorra a galeria para saber que dicas são essas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->