Saúde

Porque é que os cães roem ou comem a mobília de casa? Veterinário responde

O médico veterinário André Santos aponta quatro grandes motivos para os patudos roerem ou comerem os móveis.
Ups! Apanhado.

Nem todos os cães mordem ou roem os móveis lá de casa, mas isso é algo que acontece mais vezes do que a maioria imagina. E não é uma simples “pancada” de patudos mais irrequietos – assim como os gatos têm razões para arranhar os sofás, também há motivos para os cães terem este comportamento.

O médico veterinário André Santos, do Hospital Veterinário do Restelo, que partilha frequentemente dicas sobre os cuidados a ter com os pets, fez uma publicação no seu Instagram precisamente sobre este assunto.

Num curto vídeo, André Santos diz que muitas pessoas se questionam sobre o porquê de os cães roerem ou comerem a mobília de casa e explica esse comportamento através de quatro causas possíveis.

Em primeiro lugar, sublinha o médico veterinário, isto pode acontecer com cães bebés que têm os dentes em crescimento. “Com os dentes a crescer, os puppies vão ter algum desconforto dentário e podem ter tendência a roer a mobília de casa”.

Ansiedade por separação pode levá-lo a roer a mobília

Também os cães com ansiedade por separação podem apresentar comportamentos destrutivos, afirma André Santos. “É muito importante terem uma estimulação mental e exercício físico”, sugere, recomendando também que os tutores procurem, nestes casos, um médico de comportamento animal.

Em terceiro lugar, esse hábito pode ter a ver com falta de estimulação física ou ambiental, ou pouco treino. “É muito importante que cães que têm tendência a ter estes comportamentos tenham um treino adequado e estimulação física e mental em todo o seu ambiente”, afirma o médico veterinário.

Por fim, salienta,” temos a questão dos problemas dentários ou orais, em que há dor, principalmente a nível dos dentes”. Isso “vai fazer com que eles mastiguem ou roam a mobília de casa para aliviar essa dor. Por isso, é muito importante que se faça um check-up periódico aos dentes e à boca”.

André Santos remata o vídeo apontando a importância de se compreender qual a causa subjacente ao facto de eles roerem mobília de casa. “Fale com o seu médico veterinário e tenha os melhores cuidados com o seu cão”, recomenda.

Percorra a galeria para ver algumas fotos destes comportamentos, que afinal têm causas subjacentes.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT