Saúde

Tosse do canil — a doença altamente contagiosa que pode ser evitada com uma vacina

Não arrisque nem coloque em risco o seu cão. A prevenção é a melhor forma de o proteger.
Transmite-se sobretudo pelo ar.

Quando os nossos cães são membros da família, os cuidados que lhes prestamos são iguais aos que temos também para connosco e com todos os que amamos – e velar por uma boa saúde faz parte. Por vezes, há doenças impossíveis de impedir, mas existem outros problemas de saúde que podem ser evitáveis através da vacinação. É o caso da laringotraqueíte – inflamação da laringe e traqueia –, conhecida também como tosse do canil.

Os sintomas são visíveis e muito desconfortáveis para o seu amigo de quatro patas. “Com a tosse do canil, os cães ficam com tosse seca persistente – aquilo a que nós chamamos de ‘tosse de cão’ nas pessoas – e depois começam a vomitar espuma branca”, explica à PiT a médica veterinária Liliana Dias.

O que acontece é que “eles não conseguem cuspir a expetoração. Engolem e depois vomitam. Alguns não conseguem mesmo aguentar comida no estômago, por isso vomitam quando tossem”,  diz a médica, responsável pela Clínica Veterinária Dra. Liliana Dias.

Nestes casos, o que fazer? “Têm que tomar antibiótico e broncodilatador ou anti-inflamatório”, salienta. Mas a prevenção é mesmo o melhor remédio: “Há vacina para prevenir, que é obrigatória para ficarem nos hotéis caninos e nas escolas de treino ou creches de cães”.

A tosse do canil é altamente contagiosa

“A tosse do canil não é muito grave, mas é muito contagiosa. Passa pelo ar, basta uma janela aberta para apanharem. E se não for tratada, pode evoluir para pneumonia”, acrescenta Liliana Dias.

E por que razão tem este nome? A veterinária explica: “Chama-se tosse do canil porque, por exemplo num canil ou num hotel canino, quando apanha um, apanham todos”.

Quando se dá o caso de um cão apanhar tosse do canil, todos os outros que estejam alojados no mesmo local têm de receber medicação diariamente. “Por isso é que a vacina é obrigatória para ficarem em hotel” e noutros locais que recebam diariamente cães, aponta a profissional.

E há alturas específicas de maior incidência? “A tosse do canil surge por surtos, por causa das condições climáticas”, refere Liliana Dias. É o caso, atualmente, em Lisboa e várias outras regiões do país.

Percorra a galeria para saber mais sobre a tosse do canil.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA PiT

-->